A prevenção masculina deve ir além do Novembro Azul

Se a educação em casa e na escola tivesse visão preventiva, com orientações sobre sexualidade, higiene, comportamento e sobre emoções, os homens adoeceriam menos.

11 Nov 2019 - 16h00Por Cristiane Molon

O mês de novembro trouxe com ele a conscientização quanto à importância da prevenção para os homens. Isso porque, eles raramente buscam cuidados preventivos. 

Se a educação em casa e na escola tivesse visão preventiva, com orientações sobre sexualidade, higiene, comportamento e sobre emoções, os homens adoeceriam menos. Prevenção é adotar medidas saudáveis para que se tenha qualidade de vida e saúde. Diagnosticar um problema não é prevenção, mas, sim, detecção.

As maiores causas de mortes em homens são decorrentes de problemas cardiovasculares, tendo a pressão alta, glicose alterada, obesidade, sedentarismo e tabagismo, como fatores de risco. Também a cada dois segundos ocorre um derrame cerebral, problema incapacitante e com sérias repercussões.

O câncer de próstata é o segundo mais prevalente em homens no Brasil e só perde para o câncer de pele não-melanoma.  Os homens também são acometidos por câncer de pulmão, testículo e pênis. Vale ressaltar que o câncer diagnosticado em fase inicial tem mais possibilidade de cura, portanto, deixe o preconceito de lado e se cuide. 

O interessante de tudo isso é que, com estilo de vida saudável, evita-se muitas doenças. O papel da alimentação é fundamental, assim como o ambiente em que se vive. Sabe-se que a genética influencia 15%, enquanto os hábitos que temos e como vivemos é que vão determinar como vamos envelhecer. Pode-se envelhecer com energia, saúde, disposição, comendo, caminhando ou acamado, depressivo e sem objetivos. Depende das atitudes e da vida que se escolhe ter. Não se pode terceirizar as escolhas alimentares e os exercícios. Saúde é reflexo do que você come, pensa e sente!

Homens não são SUPER-HOMENS. Conversem com o médico de vocês. Façam revisões periódicas, assim como fazem com o carro. Escolham o melhor combustível (alimentação) todos os dias. A saúde se constrói nos hábitos diários. Melhor do que remediar é PREVENIR!