Fiat 500 comemora seu lançamento e os 63 anos em grande estilo

Chamada de a Casa Virtual 500, é possível ter uma pré-visualização digital da exposição "Casa 500", que será aberta a partir do último trimestre do ano, no quarto andar da Pinacoteca Agnelli, localizada no Lingotto, fábrica que a Fiat inaugurou em 1923.

11 Jul 2020 - 13h35Por Rafael Benkendorf

Com chegada ao Brasil apenas em 2021 devido ao Coronavirus, o pequeno Fiat 500, celebra seu aniversário em meio a estreia do Fiat 500 elétrico. Oficialmente nascido em 4 de julho de 1957, há cada ano ele é enriquecido com alguns novos recursos (o Cabrio, o Abarth, o L e o X, por exemplo).

O ano de 2020 teria sido o ano da eletricidade, mas o Covid-19 estragou os planos. A Fiat, no entanto, também queria "apagar as velas" - desta vez com 63 anos - mesmo que apenas de maneira virtual. Nesse caso, um dos grandes diferenciais para o aniversário.

Chamada de a Casa Virtual 500, é possível ter uma pré-visualização digital da exposição "Casa 500", que será aberta a partir do último trimestre do ano, no quarto andar da Pinacoteca Agnelli, localizada no Lingotto, fábrica que a Fiat inaugurou em 1923. É um museu virtual que conta a história do pequeno grande carro, desde suas origens até hoje, com um olhar também para o futuro do famoso veículo urbano. O museu também pode ser visitado remotamente via smartphone, tablet ou PC.

Essa exposição digital está espalhada por 11 áreas temáticas que traçam a história do 500 através das três gerações mais conhecidas. No caso as de 1957, 2007 e 2020 respectivamente. Junto com o lançamento da Casa Virtual 500, a Fiat abriu os pedidos do 500 La Prima Cabrio, a versão de lançamento do novo elétrico. Resta a nós brasileiros, aguardar a chegada dessa joia, a preço de ouro no ano que vem, com valores estimados em mais de 180 mil reais na versão elétrica.