Unimed - Capa
Férias

Volkswagen rompe contrato com fornecedora e antecipa férias coletivas

09 Ago 2016 - 12h45
A Volkswagen vai suspender toda a produção de automóveis e motores nas quatro fábricas no Brasil por mais de um mês. Até meados de setembro, os 11 mil trabalhadores da área produtiva, de um total de 18 mil no grupo, ficarão em férias coletivas.

O motivo é o rompimento do contrato com o grupo Prevent, dono de cinco fábricas que forneciam peças para a montadora e com quem ela travava uma disputa comercial há mais de um ano. A suspensão de contrato dessa forma é uma atitude rara no setor automotivo, segundo fontes do mercado. Informações do jornal O Estado de São Paulo.

Matérias Relacionadas

Economia

Santa Catarina gera mais de 32 mil empregos, melhor outubro da história

No acumulado do ano, Santa Catarina apresenta o melhor desempenho entre todos os estados, com um saldo de 35.210 carteiras assinadas.
Santa Catarina gera mais de 32 mil empregos, melhor outubro da história
Geral

IBGE: esperança de vida do brasileiro aumentou 31,1 anos desde 1940

A expectativa de vida do homem é de 73,1 anos e a da mulher de 80,1
IBGE: esperança de vida do brasileiro aumentou 31,1 anos desde 1940
Geral

Covid-19: ANTT define novas medidas para o transporte interestadual

Resoluções valem apenas para o transporte rodoviário
Saúde

Hemocentros se unem em campanha no Dia Nacional do Doador de Sangue

Pandemia reduziu doações em 50% em algumas regiões
Hemocentros se unem em campanha no Dia Nacional do Doador de Sangue
Ver mais de Brasil