Imobiliária Coralli
TSE

TSE fará balanço das supostas fraudes no sistema de doações eleitorais

27 Set 2016 - 13h45
O presidente do TSE, o Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes, acredita que em até duas semanas será possível ter um balanço das fraudes no sistema de doações eleitorais por pessoas físicas para candidatos e partidos políticos.

 

O TSE divulgou que cerca de 16 mil inscritos no bolsa família doaram quase R$ 16 milhões para as eleições municipais. Os suspeitos representam zero vírgula zero três por cento do total de beneficiários.

 

Os dados foram coletados a partir do cruzamento entre o cadastro único de programas sociais do governo federal e o sistema de prestação de contas do TSE.

 

Do total doado pelos beneficiários do Bolsa Família cerca de R$ 11 milhões correspondem a doações estimadas, ou seja, feita em forma de prestação de serviço e não em dinheiro. A maior doação identificada, de uma pessoa que recebe o beneficio, foi de 67 mil reais.

 

Para Gilmar Mendes essas doações podem indicar fraudes no sistema e são uma experiência que vai ajudar a escolher o sistema de financiamento eleitoral.

 

Além das doações de beneficiários do Bolsa-família também foram localizadas doações realizadas com os CPFs de 108 pessoas mortas.

 

A doação de empresas para as campanhas eleitorais foi declarada inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal, o STF,  em setembro do ano passado.

 

Na decisão, foi estabelecido que apenas pessoas físicas poderiam contribuir com campanhas eleitorais, até o limite de 10% do rendimento. Gilmar Mendes foi voto vencido na decisão.

 

As informações são da

Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Economia

Receita abre hoje consulta a lote residual de restituição do IR

Crédito bancário será feito no dia 30 deste mês
Receita abre hoje consulta a lote residual de restituição do IR
Eleições 2020

TSE lança tira-dúvidas no WhatsApp

Objetivo é facilitar acesso do eleitor a informações relevantes
TSE lança tira-dúvidas no WhatsApp
Esportes

Libertadores: Grêmio empata no último minuto e garante 1ª posição

Diego Souza marca gol nos acréscimos do segundo tempo
Libertadores: Grêmio empata no último minuto e garante 1ª posição
Economia

Confiança do comércio volta ao patamar de otimismo após 6 meses

No comparativo anual, a queda foi de 15,1%
Confiança do comércio volta ao patamar de otimismo após 6 meses
Ver mais de Brasil