Caraguá
Cunha

Testemunha de acusação depõe em ação penal contra Eduardo Cunha

09 Ago 2016 - 11h19
Uma testemunha de acusação na ação penal que corre no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o deputado federal afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) depôs ontem (8) na capital paulista. O deputado acompanhou presencialmente o depoimento, que foi conduzido pelo juiz instrutor do STF Paulo Marcos de Farias, segundo informações da Justiça Federal em São Paulo.

O depoimento de Júlio Gerin de Almeida Camargo começou por volta das 14h, na Seção Judiciária do estado de São Paulo, e terminou às 20h. Tanto Camargo quanto Cunha não falaram no fiml da audiência e saíram pela garagem.

Ricardo Gobbetti, também testemunha de acusação e que deveria ser ouvido ontem, foi dispensado, porque o advogado de Cunha alegou não ter sido avisado sobre seu depoimento.

Uma terceira testemunha, Leonardo Meirelles, não teria sido encontrada para receber a intimação e, por isso, não compareceu. Ambos, porém, tiveram depoimento adiado para o dia 22 deste mês. Informações da Agência Brasil.

Matérias Relacionadas

Política

[Vídeo] Renan Calheiros e Jorginho Mello batem boca e trocam xingamentos na CPI

Senadores discutiram após relator da CPI afirmar que população tem a percepção de que governo Bolsonaro é corrupto
[Vídeo] Renan Calheiros e Jorginho Mello batem boca e trocam xingamentos na CPI
Economia

WEG inaugura quinta fábrica de transformadores na América do Norte

Localizada na cidade de Washington a nova fábrica recebeu investimentos de 17 milhões de dólares e será dedicada à produção de transformadores de potência até 10 MV
WEG inaugura quinta fábrica de transformadores na América do Norte
Política

Senado aprova PEC da reforma eleitoral

Texto segue para promulgação
Senado aprova PEC da reforma eleitoral
Saúde

Anvisa recomenda quarentena ao presidente e comitiva brasileira

Ministro Queiroga testou positivo para covid-19 em viagem a Nova York
Ver mais de Brasil