GNet
TCU

TCU bloqueia bens da Odebrecht e OAS

18 Ago 2016 - 11h38
O plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou nesta quarta-feira (17) relatório que indica superfaturamento de R$ 2,1 bilhões, em valores atualizados, em dois grandes grupos de contratos de obras da refinaria Abreu e Lima, que pertence à Petrobras e está sendo construída em Pernambuco.
Diante da irregularidade, a corte aprovou uma medida cautelar que determina o bloqueio de bens de 4 empresas e 8 pessoas. As empresas são: OAS, Odebrecht, o consórcio Conest, e a Odebrecht Plantas Industriais e Participações.

 

 

Fonte - G1
GNet

Matérias Relacionadas

Saúde

Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério

Variante B1.1.529 foi batizada de Omicron
Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério
Esportes

Flamengo e Palmeiras buscam a glória eterna da Libertadores

O jogo coloca frente a frente os dois últimos vencedores da competição (o Rubro-Negro da edição 2019 e o Verdão da edição 2020)
Flamengo e Palmeiras buscam a glória eterna da Libertadores
Saúde

Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países

Variante Ômicron preocupa autoridades sanitárias
Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países
Saúde

Anvisa recebe pedido para uso emergencial de medicamento contra covid

O molnupiravir é fabricado pela empresa Merck Sharp & Dohme
Anvisa recebe pedido para uso emergencial de medicamento contra covid
Ver mais de Brasil