Mercados

Supermercados cortam 29,7 mil postos de trabalho

28 Jun 2016 - 13h32
De janeiro a abril, 14,3 mil estabelecimentos que vendem produtos alimentícios e bebidas fecharam no país, levando ao corte de 29,7 mil postos de trabalho, de acordo com dados da CNC (confederação do comércio).

O número corresponde a quase 12 mil estabelecimentos a mais do que o mesmo período de 2015.

O segmento, que engloba super e hipermercados, é o mais importante do comércio e compreende a 30,6% do emprego no varejo.

 

 

 

Uol Notícias/Agora São Paulo