segunda, 24 de junho de 2019 - 14h32
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
Futebol

Sob olhares do Barça, Gabriel Jesus comanda vitória do líder Palmeiras sobre o América-MG

22 Jun 2016 - 14h37
Na abertura da décima rodada da competição, o clube paulista contou com uma atuação autoritária para vencer o América-MG por 2 a 0, no Allianz Parque, e ficar sozinho na ponta da tabela.

Destaque para Gabriel Jesus, autor de dois gols, e Roger Guedes, que infernizou a defesa mineira pela ponta direita do ataque palmeirense.

A vitória colocou o time alviverde com 22 pontos, três a mais do que o Internacional. No entanto, o clube gaúcho fecha a rodada na quinta-feira, contra o Coritiba, no Couto Pereira. Já os mineiros estão na lanterna, com apenas oito pontos.

O Palmeiras contou com um primeiro tempo firme para construir o placar. Atacando muito pelas pontas, os paulistas rapidamente assumiram o controle da partida diante de um adversário fraco e com dificuldades para encontrar um padrão de jogo. O placar só não foi maior por causa da grande atuação do goleiro do América-MG, João Ricardo.

BARÇA?

Nem tudo foi festa para o torcedor do Palmeiras. O time pode negociar Gabriel Jesus em breve. O interesse do Barcelona tem sido tão forte que o clube catalão enviou o diretor Raul Sanllehí para acompanhar de perto o desempenho do atacante.

E AGORA? 

O Palmeiras abre a 11ª rodada no sábado, quando visita o Cruzeiro, às 19 horas (de Brasília), no Mineirão. No domingo, o América-MG tem o clássico contra o Atlético-MG, no Independência.

O JOGO

Os comandados de Cuca deram o tradicional "abafa" no início da partida, principalmente com jogadas pela linha de fundo, mas só conseguiram finalizar a gol aos oito minutos. Cleiton Xavier conduziu a bola até a intermediária, mas pegou mal e chutou sem perigo à direita do goleiro João Ricardo.

O América-MG, que até então só se defendia, resolveu dar as caras e quase abriu o placar aos 14, quando Osman subiu sozinho após cruzamento de Danilo, porém testou rente à trave direita de Fernando Prass, que esbravejou contra a defesa palmeirense.

O susto, no entanto, não serviu para recuar o Palmeiras. Tanto que apenas quatro minutos depois, Róger Guedes recuperou uma bola quase perdida na direita da área adversária, driblou o zagueiro, cruzou rasteiro para Cleiton, que achou Gabriel Jesus vindo de trás. O garoto de 19 anos, de centroavante nesta noite, só precisou tocar para o fundo da rede e tirar a "zica", já que não marcava gols desde a vitória por 2 a 1 sobre o Flamengo, no dia 5 de junho ou há três rodadas.

O 1 a 0, porém, não satisfazia o time de Palestra Itália, que trocava passes de maneira rápida para envolver a frágil equipe mineira. Aos 26, Róger Guedes voltou a usar sua velocidade pela direita ao tabelar com Dudu e cruzar rasteiro para Jesus. O camisa 33 deu um carrinho para alcançar a bola, que desviou no zagueiro e traiu o goleiro adversário: 2 a 0 Palmeiras.

Antes do término da primeira metade da partida, o técnico Sérgio Vieira ainda promoveu a entrada do atacante Victor Rangel no lugar do meio-campista Eduardo, na tentativa de dar mais apoio ao centroavante veterano Borges, porém a medida não surtiu efeito e o Palmeiras controlou bem as ações até o intervalo, que foi antecedido por uma bela "caneta" de Gabriel Jesus em cima de Hélder na lateral esquerda do campo defensivo alviverde.

O time da casa voltou para o segundo tempo com Fabiano no lugar de Jean, poupando o titular da posição e promovendo a estreia do lateral direito com a camisa do Palmeiras. E quase que o ex-Cruzeiro deu a assistência para o terceiro do Palmeiras: aos cinco minutos, ele cruzou na medida para Edu Dracena, que cabeceou forte, mas João Ricardo caiu no chão para fazer bela defesa. No rebote, o goleiro agarrou o chute de Vitor Hugo.

Forçando as jogadas pela direita, Róger Guedes voltou a infernizar por aquele setor. O atacante ganhou na corrida de Adalberto, cortou o defensor e passou para Cleiton. O camisa 10 entrou livre na área, mas bateu por cima da meta americana. Aos 15, naquela mesma área, o até então apagado Dudu saiu em disparada e cruzou rasteiro para Jesus, que finalizou de letra, porém João Ricardo fez a defesa.

A correria de Róger Guedes não parou por aí. A exemplo de um velocista, o jovem de 19 anos recuperou bola na direita, disparou, passou pelo marcador e cruzou para a área. De primeira, Gabriel Jesus tocou para o fundo do gol, mas o bandeirinha assinalou o impedimento do camisa 33, anulando aquele que seria o terceiro tento.

Aos 28 minutos, o lance mais espetacular da partida. Róger Guedes recebeu de Fabiano na direita e, de costas e de calcanhar, deu um drible da vaca no marcador e tocou para Dudu, que dominou e bateu colocado para defesa de mão trocada do goleiro João Ricardo.

No fim, Gabriel Jesus ainda perderia chance clara de gol, mas nada que evitasse a sétima vitória do Palmeiras no Campeonato Brasileiro, em que segue na liderança com 22 pontos.

FICHA TÉCNICA:
PALMEIRAS 2 X 0 AMÉRICA-MG

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 21 de junho de 2016, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (FIFA-PE)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva e Cleberson do Nascimento Leite (ambos de PE)
Público: 27.429 pagantes
Renda: R$ 1.543.520,80
Cartões amarelos: Artur (América-MG)
GOLS: PALMEIRAS: Gabriel Jesus, aos 18 minutos do primeiro tempo; Gabriel Jesus, aos 26 minutos do primeiro tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean (Fabiano), Edu Dracena, Vitor Hugo e Egídio (Zé Roberto); Tchê Tchê e Moisés; Róger Guedes, Cleiton Xavier (Vitinho) e Dudu; Gabriel Jesus. Técnico: Cuca

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Hélder, Artur, Adalberto e Danilo (Sávio); Leandro Guerreiro, Juninho, Ernandes, Eduardo (Victor Rangel) e Osman; Borges (Alan Mineiro). Técnico: Sérgio Vieira



CMJS - Maio