Caraguá
Câmara

Sérgio Moro defende na Câmara fim do foro privilegiado

05 Ago 2016 - 11h24
O juiz federal Sérgio Moro, responsável por julgar os casos da Operação Lava Jato, esteve nesta quinta-feira na Câmara dos Deputados para apoiar as 10 medidas de combate à corrupção em tramitação na Casa.

No debate, o Juiz Moro defendeu o fim do foro privilegiado e a flexibilização do uso de provas conseguidas de formas ilícitas.

Para o Juiz, o foro privilegiado fere a ideia de que todos são iguais perante a lei e acaba por sobrecarregar o Supremo Tribunal Federal.

Moro também defendeu que algumas provas que são excluídas do processo judicial por terem sido obtidas de formas ilegais poderiam ser admitidas. O juiz explica que caso o agente policial tenha agido de “boa fé” a prova deveria ser aceita.

O Juiz Sérgio Moro participou de uma reunião da Comissão da Câmara que analisa o projeto de iniciativa do Ministério Público com 10 Medidas contra a Corrupção.

A proposta recebeu ainda o apoio de mais de dois milhões de assinaturas. Entre as medidas, estão a criminalização do caixa 2 e aumento de penas para corrupção de altos valores.

Na próxima terça-feira, a Comissão vai ouvir o procurador da Força Tarefa da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol. As informações são da Agência Brasil.

Matérias Relacionadas

Economia

Governo anuncia leilão para compra simplificada de energia em outubro

Recomendação é do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico
Governo anuncia leilão para compra simplificada de energia em outubro
Geral

Gustavo Bardim se apresenta na semifinal do The Voice Kids neste domingo

Veja como votar
Gustavo Bardim se apresenta na semifinal do The Voice Kids neste domingo
Geral

Evento online quer potencializar recursos de incentivos fiscais a projetos sociais em SC

O tema será abordado pelo assessor de Responsabilidade Social da FIESC, Sandro Volpato Faria, e pela líder do programa Fundo Social, Andressa Mongruel Martins Vicenzi
Saúde

Conselhos de secretários de Saúde defendem vacinação de adolescentes

Sociedade Brasileira de Imunizações também defende vacinação
Conselhos de secretários de Saúde defendem vacinação de adolescentes
Ver mais de Brasil