Imobiliária Coralli
Senado

Senado aprova redução de IR sobre remessa de dinheiro ao exterior

29 Jun 2016 - 11h25
O Senado aprovou por unanimidade nesta terça-feira (28) medida provisória que reduz o imposto de renda sobre as remessas de dinheiro enviado ao exterior para gastos pessoais.

Como não houve alterações à proposta aprovada pela Câmara dos Deputados, o texto segue agora para a sanção do presidente em exercício Michel Temer.

Pela proposta aprovada pelos senadores, a alíquota do IR passa de 25% para 6% sobre as remessas feitas para pagar gastos pessoais, até o limite de R$ 20 mil ao mês, em viagens de turismo e negócios.

A redução também valerá para as operadoras ou agências de viagens, mas até o limite de R$ 10 mil por passageiro.

A redução da alíquota entrou em vigor em 2 de março de 2016, data da publicação da medida provisória pelo Executivo, e, para virar lei, precisava de aprovação da Câmara e do Senado. A proposta prevê que a redução vigore até 31 de dezembro de 2019.

De acordo com a medida provisória, ficam isentas de IR as remessas ao exterior para fins educacionais, incluindo o pagamento de taxas de inscrição em congressos, assim como o envio de dinheiro para cobrir despesas médicas no exterior.

"Os alunos do programa Ciências Sem Fronteiras estavam com dificuldades para receber os recursos da sua manutenção do seu estudo lá no exterior. As remessas de até R$ 20 mil por mês não terão Imposto de Renda nessa parte. Da mesma forma, a indústria do turismo vai ter mais um incentivo para a geração de negócios e empregos”, afirmou o senador José Pimentel (PT-CE).

 

 

G1

Matérias Relacionadas

Economia

União libera R$ 5 bi para financiar MEI, micro e pequena empresa

Programa integra pacote de auxílio durante pandemia da covid-19
União libera R$ 5 bi para financiar MEI, micro e pequena empresa
Economia

Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 2,05%

Previsão para a cotação do dólar oficial permanece em R$ 5,25
Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 2,05%
Economia

Caixa paga hoje auxílio emergencial para 9,4 milhões de trabalhadores

Para o Bolsa Família serão destinados R$ 427,6 milhões
Caixa paga hoje auxílio emergencial para 9,4 milhões de trabalhadores
Saúde

Brasil confirma 14.318 casos de covid-19 nas últimas 24 horas

No mesmo período, foram confirmadas mais 335 mortes
Brasil confirma 14.318 casos de covid-19 nas últimas 24 horas
Ver mais de Brasil