Unimed - Capa
Brasil

Segunda feira "dourada" para o Brasil

09 Ago 2016 - 11h01
Esta segunda-feira foi o dia mais importante para o Brasil nos Jogos Rio 2016 até aqui. Isso porque a judoca Rafaela Silva, da categoria até 57 kg, conquistou o primeiro ouro brasileiro na Olimpíada 2016. E não parou por aí! Marcelo Melo e Bruno Soares eliminaram a dupla do sérvio Novak Djokovic , número 1 do mundo, e avançaram para as quartas de final do tênis.

No handebol, as meninas continuam com tudo! Após vencerem a forte Noruega na estreia, desta vez bateram a tradicional seleção da Romênia por um largo placar: 26 a 13.

No vôlei de praia, Ágatha e Bárbaram confirmaram o favoritismo e venceram, por 2 a 0, a dupla argentina.

Defendendo o ouro olímpico, a Seleção Brasileira de vôlei manteve o 100% de aproveitamento nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, as  meninas do Brasil venceram a Argentina por 3 sets a 0, com parciais de 25/16, 25/19 e 25/11.

Outros resultados:

A dupla brasileira Alison Cerutti e Bruno Schmidt não conseguiu repetir o sucesso da estreia do último sábado e foram derrotados por 2 sets a 1 pelos austríacos Clemens Doppler e Alexander Horst nesta segunda-feira. Equilibrado, o jogo foi decidido somente no tie-break, com parciais 23/21, 16/21 e 15/13. Com o resultado, Alison e Bruno perderam a chance de garantir a classificação antecipada para a próxima fase.

Após conquistarem o sexto lugar em sua primeira participação na ginástica artística masculina por equipes na história dos Jogos Olímpicos, os brasileiros exaltaram a performance apresentada nesta segunda-feira.

Com duas medalhas de ouro, duas de prata e uma de bronze no currículo, Robert Scheidt espera subir no pódio olímpico mais uma vez, agora no Rio de Janeiro. Não importa em qual posição. O velejador de 43 anos iniciou nesta segunda-feira a sua campanha na classe Laser, para a qual retornou, e acumulou um 23º e um primeiro lugares nas duas regatas da disputa, largando na sétima posição.

Depois de estrear com uma bela vitória diante o italiano Thomas Fabbiano, o brasileiro Rogério Dutra da Silva caiu diante o francês Gael Monfils, nesta segunda-feira. O número onze do mundo não deu chances para o atleta da casa e venceu por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4.

A dupla Charles Corrêa e Anderson Oliveira, que representa o Brasil na categoria C2 Masculino da canoagem slalom, garantiu, nesta segunda-feira, vaga para a semifinal da disputa nos Jogos Olímpicos do Rio.

A vaga veio após a dupla conseguir um tempo de 106.14s e encerrar a sequência de duas baterias na sétima colocação da disputa, em um total de 12 classificados. Os brasileiros ficaram 5.25s acima dos eslovacos Ladislav e Peter Skantar, que passaram em primeiro, com 100.89s.

Os brasileiros disputarão as semifinais no começo da tarde da próxima quinta-feira. A grande final também será realizada na mesma data.

Ana Sátila eliminada – Ao contrário da dupla, a canoísta Ana Sátila não teve o mesmo desempenho nesta segunda-feira. Uma das favoritas à medalha nas Olimpíadas, a brasileira de 20 anos, da categoria K1 da canoagem slalom, não teve um bom dia e acabou eliminada antes das semifinais. As informações são do jornal Gazeta Esportiva.

Matérias Relacionadas

Economia

Santa Catarina gera mais de 32 mil empregos, melhor outubro da história

No acumulado do ano, Santa Catarina apresenta o melhor desempenho entre todos os estados, com um saldo de 35.210 carteiras assinadas.
Santa Catarina gera mais de 32 mil empregos, melhor outubro da história
Geral

IBGE: esperança de vida do brasileiro aumentou 31,1 anos desde 1940

A expectativa de vida do homem é de 73,1 anos e a da mulher de 80,1
IBGE: esperança de vida do brasileiro aumentou 31,1 anos desde 1940
Geral

Covid-19: ANTT define novas medidas para o transporte interestadual

Resoluções valem apenas para o transporte rodoviário
Saúde

Hemocentros se unem em campanha no Dia Nacional do Doador de Sangue

Pandemia reduziu doações em 50% em algumas regiões
Hemocentros se unem em campanha no Dia Nacional do Doador de Sangue
Ver mais de Brasil