Futebol

Recheado de desfalques, Cruzeiro reencontra Vitória após empate frustrante

06 Jul 2016 - 15h15
Diferentemente do duelo passado, o novo confronto entre os clubes não vale pelo Campeonato Brasileiro, mas pela partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Apesar de o jogo desta quarta-feira corresponder a outra competição, os jogadores cruzeirenses, porém não deixam de levar em consideração e tirar lições sobre a última partida entre as equipes, quando o Cruzeiro abriu 2 a 0 no placar e, mesmo com um homem a mais em campo, cedeu o empate.

"Já conhecendo o rival, é diferente. Temos de escutar o que o treinador vai pedir para a gente fazer no jogo. É um time forte o Vitória. É aproveitar as coisas boas que fizemos aqui e tentar diminuir o que fizemos de ruim", colocou o uruguaio De Arrascaeta.

Para surpreender o Vitória em Salvador, Paulo Bento, porém, terá vários desfalques, sendo três por lesão: Mayke, Henrique e Elber. Já o lateral Bryan e o atacante Riascos são ausência devido ao fato de terem atuado por América-MG e Vasco, respectivamente, na atual edição da Copa do Brasil. Por fim, o volante Lucas Romero, suspenso, também está fora da partida. Em contrapartida, o zagueiro Manoel, recuperado de lesão, foi relacionado e ficará no banco de reservas.

Diante de tantas ausências, Paulo Bento deve retomar o esquema com três volantes, visando dar uma maior segurança defensiva à equipe, uma vez que, no último duelo contra o Vitória, o Cruzeiro sofreu bastante com a investidas baianas pelos lados do campo, especialmente pela esquerda com o atacante Marinho.

Pelo lado do Vitória, o empate heroico, acompanhado da ótima atuação contra o Cruzeiro, tem sido analisado segundo as virtudes e os erros cometidos pela equipe. Apesar de o time ter buscado um resultado improvável sob condições adversas, os jogadores não mascaram as falhas, que podem ser ainda mais prejudicais caso venham a se repetir nesta quarta-feira.

 

"Estamos jogando dentro de casa. Vamos pegar o Cruzeiro em outra competição. Sabemos que tomar gol na Copa do Brasil complica para o jogo de volta. Vamos ver um pouco do jogo passado e, assim, não voltar a errar", salientou o zagueiro Kanu.

Mesmo diante dos erros cometidos, o técnico Vagner Mancini deve valorizar o empenho e boa recuperação da equipe no jogo passado, mantendo a mesma base titular. Vale lembrar que o goleiro Fenando Miguel segue se recuperando de lesão, o que permitirá ao jovem Caíque, de 18 anos, uma sequência na meta baiana.

FICHA TÉCNICA:
VITÓRIA X CRUZEIRO

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 6 de julho de 2016 (quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Paulo Schleich Vollkopf (CBF-MS)
Assistentes: Leandro Dos Santos Ruberdo (asp.FIFA-MS) e Sérgio Alexandre da Silva (CBF-MS)

VITÓRIA: Caíque; Victor Ramos, Ramon e Kanu, Diego Renan, Amaral, Willian Farias e Euller; Dagoberto, Kieza e Marinho. Técnico: Vagner Mancini

CRUZEIRO: Fábio; Lucas, Fabrício Bruno, Bruno Viana e Allano; Gino, Bruno Ramires, Ariel Cabral, De Arrascaeta e Alisson; Willian. Técnico: Paulo Bento

Matérias Relacionadas

Economia

Indústria de alimentos e bebidas faturou R$ 699,9 bi em 2019

A quantia representa 9,7% do Produto Interno Bruto
Indústria de alimentos e bebidas faturou R$ 699,9 bi em 2019
Economia

Consumo das Famílias ficou em 89,4 pontos em fevereiro

Este dado significa alta de 6,4 pontos em relação ao mês anterior
Educação

Projeto seleciona experimentos que serão levados ao espaço

Projeto Kurumim 2020, ligado à USP, está com inscrições abertas
Projeto seleciona experimentos que serão levados ao espaço
Economia

Bancos terão que fazer transferências em 10 segundos

Atualmente, o Pix está em fase de testes
Bancos terão que fazer transferências em 10 segundos
Ver mais de Brasil