Olimpíada

Rafael Silva vence e é bronze no judô da Rio-2016

12 Ago 2016 - 22h12
O destino colocou o brasileiro na mesma chave do francês Teddy Riner, o gigante de todos os predicados do parágrafo anterior. Rafael segurou o rival por cinco minutos, mas perdeu por um wazari. Ainda restava o bronze. E o mato-grossense de 27 anos não iria deixar que uma derrota que a maioria dos especialistas já previa o abalasse.

Rafael Silva é medalhista olímpico. Conquistou nesta sexta-feira seu segundo bronze, assim como Londres-2012. "A medalha em casa é muito boa. A torcida ajudou bastante, me empurrou, buscando cada shido, cada ponto. Em casa é outra coisa, estou feliz demais”, disse, muito ofegante, depois da luta ao SporTV.

Baby também comentou o fato de o judô brasileiro ter fechado com três medalhas a Rio-2016, diferente do que se previa. “Acho que no judô o resultado é muito dinâmico, muito atípico. É uma competição totalmente diferente a Olimpíada, era difícil predizer quantas medalhas sairiam. Mas acho que a equipe teve bom desempenho. A Rafa foi campeã olímpica em casa, então acho que o judô está de parabéns”.

O adversário do brasileiro na luta pela medalha, quem diria, também tem a ver com o algoz de Baby nas quartas de final da Rio-2016. Abdullo Tangriev, vigésimo do ranking mundial, e também o último a derrotar Teddy Riner em Olimpíadas.

A luta não foi das mais movimentadas e os atletas receberam um shido cada logo no início, mas o rival de Baby se mostrou muito cansado e foi só o brasileiro atacar com mais foco, que conseguiu derrubá-lo, caracterizando um yuko, suficiente para o pódio.

Além de ter sido o último de a derrotar o multicampeão, Tangruiev tem uma história de polêmica. Ele foi pego por uso de maconha em 2012 e acabou suspenso por 2 anos do judô, voltando a competir apenas em julho de 2012.

A equipe de judô do Brasil iniciou as disputas no Rio de Janeiro cercada de expectativas e termina sua participação nos Jogos com três medalhas. Além do bronze de Baby, Mayra Aguiar também ficou com o bronze e Rafaela Silva conquistou o único outro. O planejamento do COB, no entanto, era de conquista de mais medalhas, cinco vindas do judô.

Fonte: UOL

Matérias Relacionadas

Segurança

Dois celulares são roubados ou furtados por minuto no Brasil

Aparelhos são porta de entrada para outros crimes como golpes virtuais
Dois celulares são roubados ou furtados por minuto no Brasil
Saúde

Governo Sanciona Lei que Incentiva Diagnóstico Tardio do Autista em Adultos e Idosos em SC

Projeto de Lei é de autoria do deputado estadual Vicente Caropreso
Governo Sanciona Lei que Incentiva Diagnóstico Tardio do Autista em Adultos e Idosos em SC
Segurança

Brasil registrou um estupro a cada seis minutos em 2023

76% dos casos correspondem ao crime de estupro de vulnerável, com vítimas menores de 14 anos
Brasil registrou um estupro a cada seis minutos em 2023
Esportes

No Rio Grande do Sul, Jaraguá Futsal encara o Atlântico pela Liga Nacional

As duas equipes vivem grande momento e fazem um confronto direto pelas primeiras posições
No Rio Grande do Sul, Jaraguá Futsal encara o Atlântico pela Liga Nacional
Ver mais de Brasil