Imobiliária Coralli
Banco

Quebra de sigilo do Banco Rural em inquérito sobre Aécio

18 Out 2016 - 09h56
O ministro do Supremo Tribunal FederalGilmar Mendes determinou quebra do sigilo de dados do Banco Rural. A decisão vale para um inquérito que apura suposta participação do presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), em uma suposta maquiagem de dados para esconder a existência do mensalão tucano durante a apuração da CPI que investigou o mensalão do PT. A decisão foi publicada nesta segunda-feira (17).

O inquérito se baseia na delação premiada do senador cassado Delcídio do Amaral (MS). Segundo Delcídio, os dados fornecidos pelo extinto Banco Rural à CPI dos Correios atingiriam o senador Aécio Neves "em cheio" se não tivessem sido "maquiados" pela instituição financeira.

De acordo com a assessoria do senador Aécio Neves, "as citações [de Delcídio] são absurdas e totalmente descabidas, o que restará comprovado ao final das investigações que contam com todo o  apoio do PSDB".

 

G1

Matérias Relacionadas

Esportes

Liga Nacional de Futsal: Fase de grupos se afunila

Na última semana, times confirmaram a boa fase, outros tropeçaram, alguns conseguiram se recuperar e há ainda quem, mesmo que a matemática não indique, poderá se classificar.
Liga Nacional de Futsal: Fase de grupos se afunila
Esportes

Jaraguá empata com o Pato na Arena pela Liga Nacional

Os dois times que somam seis títulos acabaram empatados em 2 a 2
Jaraguá empata com o Pato na Arena pela Liga Nacional
Segurança

Criminosos sequestram trem na zona norte do Rio de Janeiro

O sequestro aconteceu durante operação da PM
Criminosos sequestram trem na zona norte do Rio de Janeiro
Esportes

Flamengo goleia Corinthians no Itaquerão, com vitória de 5 a 1

Líder do G4 será definido nesta segunda, quando termina a rodada
Flamengo goleia Corinthians no Itaquerão, com vitória de 5 a 1
Ver mais de Brasil