Caraguá
Banco

Quebra de sigilo do Banco Rural em inquérito sobre Aécio

18 Out 2016 - 09h56
O ministro do Supremo Tribunal FederalGilmar Mendes determinou quebra do sigilo de dados do Banco Rural. A decisão vale para um inquérito que apura suposta participação do presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), em uma suposta maquiagem de dados para esconder a existência do mensalão tucano durante a apuração da CPI que investigou o mensalão do PT. A decisão foi publicada nesta segunda-feira (17).

O inquérito se baseia na delação premiada do senador cassado Delcídio do Amaral (MS). Segundo Delcídio, os dados fornecidos pelo extinto Banco Rural à CPI dos Correios atingiriam o senador Aécio Neves "em cheio" se não tivessem sido "maquiados" pela instituição financeira.

De acordo com a assessoria do senador Aécio Neves, "as citações [de Delcídio] são absurdas e totalmente descabidas, o que restará comprovado ao final das investigações que contam com todo o  apoio do PSDB".

 

G1

Matérias Relacionadas

Geral

Ambev confirma que vai aumentar preço da cerveja em outubro

Prepare o bolso. cervejaria Ambev vai aumentar o preço das cervejas a partir deste sábado (2)
Ambev confirma que vai aumentar preço da cerveja em outubro
Saúde

Saúde Ministério da Saúde orienta dose de reforço em idosos acima de 60 anos

Anúncio foi feito pelo ministro Marcelo Queiroga pelas redes sociais
Saúde
Ministério da Saúde orienta dose de reforço em idosos acima de 60 anos
Economia

WEG anuncia parceria com a Peugeot para venda de estações de recarga para veículos elétricos

O anúncio foi oficializado durante o lançamento do novo veículo elétrico da Peugeot
WEG anuncia parceria com a Peugeot para venda de estações de recarga para veículos elétricos
Economia

Petrobras é responsável por 34% do total do preço da gasolina

Não há mudança na política de preços da empresa, diz presidente
Petrobras é responsável por 34% do total do preço da gasolina
Ver mais de Brasil