Imobiliária Coralli
Futebol

Ponte Preta segura empate com Atlético-MG e leva vantagem para duelo de volta

25 Ago 2016 - 15h38
O confronto de volta entre as duas equipes acontecerá no dia 21 de setembro, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Um empate em zero a zero classifica a Ponte Preta para as quartas de final. Novo 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis. O Atlético-MG precisa vencer a partida ou empatar a partir de 2 a 2.

 

Nesta quarta, a Ponte balançou a rede aos 39 minutos. Clayson armou chute, pegou mal na bola, mas ela caiu nos pés de Roger. O atacante pegou de primeira e mandou para o fundo da rede.

 

Mais ofensivo na segunda etapa, o Atlético-MG chegou ao empate aos 19 minutos. Maicosuel fez fila em grande arrancada e encontrou Robinho no meio. O camisa 7 ajeitou e bateu firme para empatar com um belo gol.

Após chegar à igualdade, o Atlético-MG teve muitas dificuldades para superar a boa marcação da Ponte Preta, e o duelo ficou mesmo empatado. O time da casa ainda viu o volante Rafael Carioca, convocado por Tite para a seleção brasileira na última segunda-feira, deixar o campo com uma lesão.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG volta a campo no domingo, quando encara o Grêmio na arena do rival. Já a Ponte Preta vai receber o Corinthians no próximo sábado, no Moisés Lucarelli.

Ponte surpreende no primeiro tempo e sai em vantagem

O jogo começou com um balde de água fria para os torcedores que foram ao Mineirão. O goleiro Victor, que ficou fora dos treinamentos do clube na última terça-feira acusando dores lombares, voltou a sentir e ficou fora da partida. O medalhista olímpico, Uilson, foi para a vaga.

O Atlético-MG iniciou o jogo com bastante cautela, trocando vários passes. A equipe alvinegra trabalhava a bola, pois encontrava dificuldades para encarar a dura retranca montada pelo técnico Eduardo Baptista, que se defendia com todos os jogadores atrás da linha da bola no campo defensivo.

Logo aos cinco minutos do primeiro tempo, em uma saída errada de bola da Ponte, Carlos recebeu bom passe de Robinho, conseguiu fazer o drible no goleiro Aranha, mas a finalização passou por cima do gol.

Aos oito, em boa jogada de Otero pela esquerda, a bola sobrou para a ótima finalização do volante Leandro Donizete, que apareceu como elemento surpresa.

Apesar das duas oportunidades do Atlético-MG logo nos primeiros minutos, a partida não apresentava calor técnico: o desenho tático seguia o mesmo, com a Ponte se defendendo e o Atlético-MG em busca de infiltrar em sua barreira. Em alguns momentos, por abusar das ligações diretas da defesa para o ataque, os donos da casa erravam bastante.

Isso durou até os 22 minutos. O camisa 80, Otero, fez bom cruzamento na área para a finalização do zagueiro Ronaldo. Aranha teve certa dificuldade para fazer a defesa, mas segurou firme a redonda.

Otero, aliás, mostrou nas faltas uma de suas virtudes: primeiro no cruzamento para a área e depois em duas cobranças que assustaram o goleiro Aranha, a primeira tirada de cabeça pela barreira e a segunda que passou tirando tinta da trave.

Aos 37 minutos a Ponte Preta tratou de acabar com a sonolência da partida. Após cruzamento na área, Roger aproveitou a bobeira da defesa alvinegra e abriu o placar.

Aos 44 minutos, já aproveitando a vantagem no placar, a Ponte buscava o ataque apenas nos contra-ataques. Em jogada de velocidade, Rayner encontrou Roger, que ficou de frente para o goleiro Uilson. A bola passou perto e a Ponte por pouco não aumentou a sua vantagem em pleno Mineirão.

No último minuto, o Atlético-MG teve grande oportunidade com Carlos, mas a zaga da Ponte tirou quase em cima da linha. Na sequência da jogada, Carlos César tentou o cruzamento, mas a defesa tirou com um chutão.

 

O Atlético-MG voltou para o segundo tempo com Maicosuel - que vinha de boa sequência de jogos e foi poupado pelo técnico Marcelo Oliveira.

A substituição surtiu efeito, pelo menos nos primeiros minutos. Aos 2, Maicosuel encontrou Pratto na entrada da área, que finalizou sem dominar. A bola passou perto da meta defendida por Aranha.

Aos oito minutos, um incrível gol perdido pelo Atlético. Em bom lançamento para Carlos, o camisa 13 tirou o defensor e finalizou, a bola desviou no zagueiro e enganou o goleiro Aranha, que ficou batido. A bola, no entanto, bateu na trave e voltou nas mãos do arqueiro.

Aos 19, após bela jogada individual, Maicosuel confirmou que entrou para dar melhor ritmo ao Atlético. O meia saiu pelo centro do gramado, driblou dois marcadores e entregou a bola para Robinho, que empatou a partida.

Aos 36, o time mineiro ainda buscava a vitória, e em boa jogada de Pratto, pela direita, a bola foi para Robinho, que finalizou bem. A bola passou próximo ao gol de Aranha.

Para piorar a vida atleticana, quando o jogo já caminhava para o fim, Rafael Carioca sentiu dores no tornozelo e saiu de campo, deixando o time com 10 jogadores por já ter feito todas as substituições.

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-MG 1 X 1 PONTE PRETA


Local: Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 24 de agosto de 2016, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: Alessandro A Rocha de Matos (Fifa-BA) e Dibert Pedrosa Moises (RJ)
Cartões amarelos: Clayton e Lucas Pratto (Atlético-MG); Galhardo, Maycon, João Vitor, Reinaldo, Douglas Grolli e Rayner (Ponte Preta)
Cartão vermelho: Douglas Grolli (Ponte Preta)
Gols: ATLÉTICO-MG: Robinho, aos 19 minutos do segundo tempo; PONTE PRETA: Roger, aos 37 minutos do primeiro tempo

ATLÉTICO-MG: Uilson, Marcos Rocha (Carlos César), Ronaldo, Leonardo Silva, Douglas Santos, Rafael Carioca, Leandro Donizete, Rômulo Otero (Maicosuel), Carlos (Clayton), Robinho e Pratto. Técnico: Marcelo Oliveira

PONTE PRETA: Aranha, Nino Paraíba, Douglas Grolli, Fábio Ferreira, Reinaldo, João Vítor, Maycon (Abuda), Thiago Galhardo(Matheus Jesus), Clayson (Wellington Paulista), Rhayner, Roger. Técnico: Eduardo Baptista

 

Matérias Relacionadas

Economia

Confiança do comércio volta ao patamar de otimismo após 6 meses

No comparativo anual, a queda foi de 15,1%
Confiança do comércio volta ao patamar de otimismo após 6 meses
Política

Bolsonaro faz mudança em cargos do gabinete pessoal e Secretaria-Geral

Decretos foram publicados hoje no Diário Oficial
Bolsonaro faz mudança em cargos do gabinete pessoal e Secretaria-Geral
Economia

BC aprova 762 instituições para ofertar o Pix a partir de novembro

Bancos, financeiras, fintechs poderão oferecer novo sistema
BC aprova 762 instituições para ofertar o Pix a partir de novembro
Economia

Caixa libera saques do auxílio para 3,8 milhões de beneficiários

Também foi liberada parcela para beneficiários do Bolsa Família
Caixa libera saques do auxílio para 3,8 milhões de beneficiários
Ver mais de Brasil