Eleições 2020
Polícia

Polícia indicia cinco pessoas pela queda do helicóptero que matou filho de Alckmin

08 Dez 2016 - 11h54
Cinco pessoas foram indiciadas pela Polícia Civil pela queda do helicóptero onde estava Thomaz Alckmin, o filho mais novo do governador de São Paulo Geraldo Alckmin.

Em abril do ano passado, Thomaz e outras quatro pessoas morreram quando o helicóptero caiu em Carapicuíba, na região metropolitana de São Paulo.

Segundo as investigações comandadas pela Polícia Civil, foram apontados problemas na manutenção da aeronave.

Todos os indiciados no inquérito são funcionários da empresa responsável pela manutenção do helicóptero, a Helipark. Em nota, a Helipark critica o relatório.

 

Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Economia

IBGE: número de desempregados chega a 13,5 milhões em setembro

Aumento foi de 4,3% no mês e de 33,1% desde maio, mostra pesquisa
IBGE: número de desempregados chega a 13,5 milhões em setembro
Esportes

Para além do videogame: futebol inspira desenvolvedores de jogos de cassino e vira tema de caça-níqueis

Economia

Receita abre hoje consulta a lote residual de restituição do IR

Crédito bancário será feito no dia 30 deste mês
Receita abre hoje consulta a lote residual de restituição do IR
Eleições 2020

TSE lança tira-dúvidas no WhatsApp

Objetivo é facilitar acesso do eleitor a informações relevantes
TSE lança tira-dúvidas no WhatsApp
Ver mais de Brasil