Polícia

Polícia indicia cinco pessoas pela queda do helicóptero que matou filho de Alckmin

08 Dez 2016 - 11h54
Cinco pessoas foram indiciadas pela Polícia Civil pela queda do helicóptero onde estava Thomaz Alckmin, o filho mais novo do governador de São Paulo Geraldo Alckmin.

Em abril do ano passado, Thomaz e outras quatro pessoas morreram quando o helicóptero caiu em Carapicuíba, na região metropolitana de São Paulo.

Segundo as investigações comandadas pela Polícia Civil, foram apontados problemas na manutenção da aeronave.

Todos os indiciados no inquérito são funcionários da empresa responsável pela manutenção do helicóptero, a Helipark. Em nota, a Helipark critica o relatório.

 

Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Futebol

Fluminense avança e Vasco é eliminado da Taça Rio

Apesar da má atuação a equipe de Odair Hellmann garantiu a liderança do Grupo B
Fluminense avança e Vasco é eliminado da Taça Rio
Geral

Bolsonaro vai sobrevoar regiões atingidas por ciclone

O governador de Santa Catarina Carlos Moisés confirmou que vai decretar estado de calamidade pública no estado por conta dos estragos.
Bolsonaro vai sobrevoar regiões atingidas por ciclone
Saúde

Covid-19: país tem 61,8 mil mortes e 1,49 milhão de casos confirmados

Até o momento, 852 mil pessoas se recuperaram da doença
Covid-19: país tem 61,8 mil mortes e 1,49 milhão de casos confirmados
Futebol

Flamengo e Botafogo avançam às semifinais da Taça Rio

Dupla aguarda definição dos adversários nesta quinta
Flamengo e Botafogo avançam às semifinais da Taça Rio
Ver mais de Brasil