GNet
PF

Polícia Federal indicia Fernando Pimentel e Marcelo Odebrecht

16 Set 2016 - 11h16
A Polícia Federal (PF) indiciou nesta quinta-feira (15) o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, e o empresário Marcelo Odebrecht no âmbito da Operação Acrônimo. Pimentel e Odebrecht são investigados por suspeita de corrupção e lavagem de dinheiro. O governador também foi acusado de tráfico de influência.

Conforme os indícios levantados na operação, o governador recebeu propina da construtora Odebrecht, que havia sido beneficiada pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, comandado por Pimentel de 2011 a 2014. Nesse período, Pimentel teria atuado para liberar financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para obras da empreiteira em Moçambique e na Argentina. O BNDES é vinculado à pasta.

Como o governador tem foro privilegiado, o indiciamento precisou da autorização do ministro Herman Benjamin, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Caberá agora à Procuradoria-Geral da República (PGR) decidir se concorda com o indiciamento e leva a denúncia à Justiça.

As investigações da Operação Acrônimo começaram em outubro de 2014, quando agentes federais apreenderam R$ 113 mil em uma aeronave que chegava ao Aeroporto Internacional de Brasília. Na época, a PF informou que tinha como foco o combate a uma organização criminosa investigada por lavagem de dinheiro e desvio de recursos públicos.

Entre os presos estava Benedito de Oliveira Neto, conhecido como Bené e dono da Gráfica Brasil. Naquele ano, Bené atuou na campanha do então candidato e atual governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel. Em troca de redução da pena, Bené assinou acordo de colaboração com a Justiça.

 

As informações são da

Agência Brasil.
GNet

Matérias Relacionadas

Saúde

Anvisa: dois casos da variante Ômicron são identificados no Brasil

Instituto Adolfo Lutz vai fazer análise confirmatória
Anvisa: dois casos da variante Ômicron são identificados no Brasil
Política

Presidente Bolsonaro assina filiação ao PL

O ato de assinatura da ficha de filiação ocorreu na manhã de hoje
Presidente Bolsonaro assina filiação ao PL
Economia

Governo pede devolução de auxílio emergencial recebido indevidamente

Fraudes e irregularidades também podem ser denunciadas
Governo pede devolução de auxílio emergencial recebido indevidamente
Economia

Primeira parcela do décimo terceiro deve ser paga até hoje

Segunda metade deverá ser depositada até 20 de dezembro
Primeira parcela do décimo terceiro deve ser paga até hoje
Ver mais de Brasil