Caraguá
Operação

PF realiza 2ª fase da operação Greenfield

08 Mar 2017 - 13h53

a Polícia Federal realiza nesta quarta-feira (8) a 2ª fase da operação Greenfield, que investiga irregularidades em quatro dos maiores fundos de pensão do país, todos ligados a estatais. Os policiais cumprem cinco medidas judiciais em São Paulo e duas no Mato Grosso do Sul.




No estado de São Paulo, um mandado de busca e apreensão é realizado na capital. Em Andradina, no interior, a polícia cumpre três mandados de busca e apreensão e um de prisão.



Os alvos são acusados de esconder provas e cooptar testemunhas que poderiam auxiliar as investigações. A suspeita é que dois sócios de um dos maiores grupos empresariais investigados pela Greenfield fizeram um contrato de R$ 190 milhões para mascarar o suborno a um empresário concorrente. O objetivo era impedir que esse empresário revelasse informações de interesse da investigação.



Segundo a PF, a suspeita, revelada por uma testemunha, é que o contrato de fornecimento de massa florestal de eucalipto para produção de celulose fosse apenas uma forma de recompensar o silêncio de um ex-sócio da empresa.



Os mandados judiciais foram determinados por Juiz Vallisney de Souza, titular da 10ª Vara da Justiça Federal no Distrito Federal.


G1

Matérias Relacionadas

Geral

Prazo para prova de vida de servidores aposentados acaba dia 30

Comprovação deve ser feita no banco onde beneficiário recebe dinheiro
Prazo para prova de vida de servidores aposentados acaba dia 30
Educação

UniSociesc amplia portfólio de pós-graduação de seis meses

A partir de agora serão ofertados 32 cursos lato sensu nesta modalidade em oito áreas do conhecimento
UniSociesc amplia portfólio de pós-graduação de seis meses
Saúde

Campanha foca em conversa com família para aumentar doação de órgãos

Em 2020, recusa à doação de órgãos por parentes ficou em 37,8%
Campanha foca em conversa com família para aumentar doação de órgãos
Política

Empresário Luciano Hang deve depor na CPI da Covid

Em comunicado, o empresário afirmou que desde o princípio defendeu que era preciso cuidar da saúde sem descuidar da economia
Empresário Luciano Hang deve depor na CPI da Covid
Ver mais de Brasil