Imobiliária Coralli
PF

PF pede quebra do sigilo de presidente do TCU

16 Nov 2016 - 13h50
A Polícia Federal pediu a quebra dos sigilos bancário e fiscal de Aroldo Cedraz, presidente do TCU, e de seu colega Raimundo Carreiro. Ambos são investigados na Lava Jato.

Segundo a Época, a PF mapeou as relações de Tiago Cedraz, filho de Aroldo, delatado por Ricardo Pessoa, da UTC. O empreiteiro disse que pagou 1 milhão de reais ao jovem advogado.

Numa decisão anterior de quebra do sigilo telefônico do escritório de Cedraz, a PF descobriu dezenas de ligações para os gabinetes do pai e de Carreiro, responsável pelo voto num processo de interesse da UTC.

Algumas chamadas coincidem com os repasses de propina ao advogado.

Matérias Relacionadas

Geral

Evento online mostra que direcionar recursos a projetos sociais locais transforma comunidades

Evento online mostra que direcionar recursos a projetos sociais locais transforma comunidades
Segurança

PRF flagra papagaio silvestre preso em automóvel na BR 101 em Joinville

A ave, da espécie papagaio-verdadeiro, é nativa da fauna brasileira e protegida por lei
PRF flagra papagaio silvestre preso em automóvel na BR 101 em Joinville
Economia

Guedes prevê queda de 4% na economia este ano

Para o ministro, a atividade econômica está em recuperação no país
Guedes prevê queda de 4% na economia este ano
Esportes

Liga Nacional de Futsal: Fase de grupos se afunila

Na última semana, times confirmaram a boa fase, outros tropeçaram, alguns conseguiram se recuperar e há ainda quem, mesmo que a matemática não indique, poderá se classificar.
Liga Nacional de Futsal: Fase de grupos se afunila
Ver mais de Brasil