Unimed - Capa
Pesquisa

Pesquisa indica ligeira queda no endividamento das famílias

04 Nov 2016 - 10h16
A proporção de famílias em todo o país com algum tipo de dívida atingiu, em outubro, 57,7%, taxa ligeiramente inferior ao percentual de setembro último (58,2%) e também abaixo de igual mês do ano passado (62,1%). É o que indica a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Apesar desse recuo, comparado a outubro do ano passado, cresceu a parcela dos endividados sem condições de quitar os seus débitos. O levantamento mostra que 9,4% dos entrevistados alegaram que não conseguirão pagar as suas dívidas – e a taxa é superior aos 8,5% registrados há um ano, porém, um pouco abaixo de setembro último (9,6%).

 

Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Economia

Agências do INSS não funcionam hoje

Ponto facultativo do Dia do Servidor Público foi transferido
Agências do INSS não funcionam hoje
Saúde

Covid-19: governo brasileiro se reúne com cinco laboratórios

Ministério da Saúde coletou detalhes técnicos dos estudos em andamento
Covid-19: governo brasileiro se reúne com cinco laboratórios
Economia

Gerente da Sicredi explica sobre o Pix

Todas as pessoas e empresas com conta corrente, poupança ou conta de pagamento pré-paga em uma das instituições aprovadas pelo Banco Central já podem fazer transferências pelo novo sistema
Gerente da Sicredi explica sobre o Pix
Esportes

Brasileiro: mesmo com 0 a 0, Vasco deixa a zona do rebaixamento

Time carioca enfrentou Fortaleza em partida atrasada
Brasileiro: mesmo com 0 a 0, Vasco deixa a zona do rebaixamento
Ver mais de Brasil