Premix Concreto
Futebol

Paysandu surpreende e vence o Criciúma fora de casa

03 Ago 2016 - 15h05
O Paysandu se mostrou um visitante muito atrevido. Apostando no contra-ataque, o time conseguiu abrir o placar ainda no primeiro tempo, com o volante Lucas aproveitando vacilo da zaga do Criciúma.

A partida seguiu para o segundo tempo, e os visitantes conseguiram segurar o ataque do time da casa. Aos 15 minutos, o atacante Tiago Luis ampliou. Poucos minutos depois, o centroavante Alexandro teve chance de fazer o terceiro, em cobrança de pênalti, mas parou na defesa do goleiro Edson. O Criciúma até tentou descontar, mas o artilheiro Gustavo parou na trave. Já nos 45 minutos, Leandro Cearense tocou na saída do arqueiro e garantiu a vitória por 3 a 0.

Com o resultado, o Paysandu chegou a 25 pontos e subiu quatro posições, ocupando a 12ª posição da competição. Na próxima rodada, o time recebe o Ceará, vice-líder, no estádio Curuzu.

Já o Criciúma, que teve um ótimo início de Série B, estacionou nos 26 pontos e ocupa a nona colocação. O Náutico, sétimo colocado, é o adversário do Criciúma na próxima partida, na Arena Pernambuco.

O jogo

A partida começou muito morna. Com os dois times disputando a bola no meio-campo do estádio Heriberto Hulse, pouco conseguiram produzir. Quando colocou a bola no chão, o Paysandu conseguiu chegar mais. Aos 15 minutos, o meia Lucas chutou de fora da área e assustou o goleiro Luiz. Na sequência, Jhonnatan levantou bola perigosa na área e a zaga do Criciúma cortou.

Com uma proposta de jogo mais ofensiva, o time da casa mantinha mais posse de bola, mas não conseguia finalizar. Em um rápido contra-ataque, porém, os visitantes aprontaram. Depois de cruzamento da esquerda, o zagueiro Raphael Silva não alcançou a bola e o volante Lucas emendou para o fundo do gol: 1 a 0.

Com o revés sofrido, o Criciúma tentou correr atrás do prejuízo, mas não conseguia passar pela boa marcação do rival. Na volta do intervalo, o técnico Roberto Cavalo teve que queimar uma substituição por conta de uma lesão do goleiro e capitão Luiz, colocando Edson em seu lugar.

O Criciúma voltou finalizando mais no gol, mas sem muito perigo. O Paysandu, aproveitando muito bem as brechas dadas pela zaga do time da casa, ampliou. O atacante Tiago Luis cobrou falta de perna direita e acertou o ângulo do goleiro Edson, marcando um belo gol: 2 a 0.

O gol sofrido fez com que o técnico Roberto Cavalo abrisse mão da defesa e apostasse no ataque, colocando o atacante Niltinho no lugar do lateral Marlon. Aos 17 minutos, o Criciúma quase diminuiu: Elvis apareceu bem posicionado e soltou uma pancada, mas viu o goleiro Emerson realizar boa defesa.

Minutos depois, o zagueiro Raphael Silva cometeu pênalti em Alexandro. O atacante assumiu a responsabilidade e foi para a cobrança, porém, bateu fraco e viu o arqueiro Edson defender.

O Criciúma chegou perto de descontar. O artilheiro da Série B, Gustavo, recebeu cruzamento e subiu mais alto que o marcador para testar firme e acertar a trave. Perto do fim, o zagueiro Diego Giaretta também teve uma boa chance, mas acabou desperdiçando.

Já nos acréscimos, o atacante Leandro Cearense, que entrou no lugar de Alexandro, deixou o dele: após rápido contra-ataque, o jogador deu um belo toque na saída do goleiro e fechou o placar em 3 a 0.

FICHA TÉCNICA:
CRICIÚMA 0 X 3 PAYSANDU


Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)
Data: 2 de agosto de 2016, terça-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (PB)
Assistentes: Luis Filipe Gonçalves Correa e Oberto Santos da Silva (ambos PB)
Cartões amarelos: Alexandro, Ricardo Capanema e Augusto Recife (Paysandu)
GOLS: Lucas aos 27 minutos do primeiro tempo, Tiago Luis aos 15 do segundo tempo e Leandro Cearense aos 45 (Paysandu)

CRICIÚMA: Luiz (Edson); Ricardinho, Raphael Silva, Diego Giaretta e Marlon (Niltinho); João Afonso, Douglas Moreira, Elvis e Juninho (Andrew); Roberto e Gustavo. Técnico: Roberto Cavalo

PAYSANDU: Emerson; Roniery, Fernando Lombardi, Gilvan e João Lucas; Ricardo Capanema, Lucas, Jhonnatan (Domingues) e Augusto Recife; Tiago Luis (Celsinho) e Alexandro. Técnico: Rogerinho Gameleira

Matérias Relacionadas

Economia

Sicredi é destaque em 13 categorias do anuário Melhores & Maiores 2020

Instituição figura em posições relevantes do guia pelo nono ano consecutiv
Economia

Primeira parcela do 13º salário deve ser paga até hoje

Por causa da pandemia de covid-19, o décimo terceiro dos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi antecipado
Primeira parcela do 13º salário deve ser paga até hoje
Eleições 2020

Barroso diz que abstenção de eleitores foi maior que o desejável

Abstenção dos eleitores no segundo turno foi de 29,50%
Barroso diz que abstenção de eleitores foi maior que o desejável
Economia

Santa Catarina gera mais de 32 mil empregos, melhor outubro da história

No acumulado do ano, Santa Catarina apresenta o melhor desempenho entre todos os estados, com um saldo de 35.210 carteiras assinadas.
Santa Catarina gera mais de 32 mil empregos, melhor outubro da história
Ver mais de Brasil