Dívidas

Pagamento do 13º aos servidores deve estimular consumo e quitação de dívidas em SC

07 Jul 2016 - 14h24
O adiantamento da primeira parcela do 13º salário aos servidores de Santa Catarina na próxima sexta-feira (15) deve dinamizar a economia no estado. Com o pagamento dos salários dos meses de junho e julho, mais os 50% do 13º, o Governo do Estado vai injetar R$ 2,3 bilhões.

De acordo com a Fecomércio SC, a expectativa para o varejo catarinense é bastante positiva: o recurso funcionará como um motor para o consumo em um mês considerado de baixo volume de vendas e faturamento pelos empresários.

O endividamento e inadimplência dos próximos meses também devem ser impactados. Isso porque boa parte dos consumidores utiliza o recurso para saldar as contas atrasadas no dia-a-dia. Apesar de o estado apresentar patamares bastante moderados e registrar quedas mensais no indicador desde o início do ano, o percentual de famílias que deixaram de pagar suas contas em dia foi de 18,5%, em junho- dado contabilizado a partir do primeiro dia útil de atraso.

O pagamento será destinado a aproximadamente 150 mil servidores ativos e inativos do Poder Executivo, incluindo as fundações e autarquias estaduais, e pensionistas pagos pelo IPREV. Não entram na conta as folhas de pagamento das empresas estatais como Badesc, Casan e Celesc. O total estimado neste ano com o 13º é de R$ 387 milhões, valor 6,3% superior ao liberado no ano passado (R$ 364 milhões), a menor variação nos últimos anos.

 

DA Redação

Matérias Relacionadas

Política

Bolsonaro anuncia saída do PSL e criação da Aliança pelo Brasil

Bolsonaro anuncia saída do PSL e criação da Aliança pelo Brasil
Economia

Reforma da Previdência é promulgada pelo Congresso

Economia

Bolsonaro assina medida provisória que extingue o Dpvat

Geral

Grupo Malwee é reconhecido como uma das empresas mais sustentáveis do Brasil

O Grupo Malwee, uma das maiores empresas de moda do país, foi reconhecido pela segunda vez, como uma das empresas mais sustentáveis do Brasil pelo Guia Exame de Sustentabilidade 2019.
Grupo Malwee é reconhecido como uma das empresas mais sustentáveis do Brasil
Ver mais de Brasil