Imobiliária Coralli
Estatística

Número de mortes violentas no Brasil é maior do que na Síria, que está em guerra

31 Out 2016 - 10h45

O país árabe vive uma guerra civil, desde 2011. Os números foram divulgados pelo Anuário Brasileiro de Segurança Pública, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Imobiliária Coralli


Ao todo, durante o período examinado, o Brasil registrou 278.839 ocorrências de homicídio doloso, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e mortes decorrentes de intervenção policial. Na Síria os registros coletados pelo Observatório de Direitos Humanos do país apontam 256.1 24 mortes violentas, entre março de 2011, período em que começou a guerra, e dezembro de 2015.

No Brasil, somente no ano passado, 58.383 pessoas foram assassinadas. O que representa que a cada nove minutos, uma pessoa morreu de forma violenta e intencional no país.


O estado mais violento do Brasil, segundo o relatório é Sergipe. Ao todo são 57,3 mortes violentas intencionais a cada grupo de 100 mil pessoas. Em seguida vem Alagoas, com 50,8 mortes também para cada grupo de 100 mil pessoas. O Rio Grande do Norte é o terceiro no ranking, com 48,6 mortes para 100 mil pessoas. Os estados que registraram as menores taxas de assassinatos foram São Paulo, com 11,7 a cada 100 mil pessoas, Santa Catarina 14,3 e Roraima 18,2.

Matérias Relacionadas

Geral

Meu Plano D oferece cursos gratuitos para quem deseja empreender no segmento de doces

Os conteúdos são aplicados por confeiteiros e consultores de negócios, de maneira didática, com videoaulas, e-books e certificado de formação
Meu Plano D oferece cursos gratuitos para quem deseja empreender no segmento de doces
Saúde

IBGE: obesidade mais do que dobra na população com mais de 20 anos

Resultados são da Pesquisa Nacional de Saúde 2019
IBGE: obesidade mais do que dobra na população com mais de 20 anos
Política

Bolsonaro diz que governo federal não comprará vacina CoronaVac

A CoronaVac prevê a administração de duas doses por pessoa
Bolsonaro diz que governo federal não comprará vacina CoronaVac
Saúde

Brasil anuncia que vai comprar 46 milhões de doses da CoronaVac

Ministro da Saúde assina protocolo de intenções para adquirir a vacina
Brasil anuncia que vai comprar 46 milhões de doses da CoronaVac
Ver mais de Brasil