Mês do Trânsito - Rádio
SPC

Número de empresas inadimplentes cresce 13,01% em maio, aponta indicador do SPC Brasil

27 Jun 2016 - 13h40
O número de empresas inadimplentes voltou a crescer em maio deste ano, avançando 13,01% na comparação com o mesmo mês do ano passado. O levantamento é do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Além do aumento no número de empresas inadimplentes, houve também um crescimento na variação da quantidade de dívidas em atraso em nome de pessoas jurídicas: 16,21% a mais em maio deste ano, em relação a maio do ano passado. Já na passagem de abril para maio, sem ajuste sazonal, a alta foi de 0,71% na quantidade de empresas inadimplentes e de 0,86% no volume de dívidas.

Os dados levam em consideração todas as regiões brasileiras com exceção do Sudeste, onde vigora no estado de São Paulo a Lei Estadual nº 15.659 que dificulta a negativação de pessoas físicas e jurídicas. Segundo o indicador, a região em que mais aumentou o número de empresas negativadas no último mês foi o Nordeste, com avanço de 14,69% na comparação com igual período de 2015. Em seguida aparece o Centro-Oeste, que registrou avanço de 13,72% na mesma base de comparação, o Norte (12,49%) e o Sul (10,89%).

Matérias Relacionadas

Geral

IBGE: taxa de desocupação fica em 13,8% no trimestre de maio a julho

É a maior taxa da série histórica iniciada em 2012
IBGE: taxa de desocupação fica em 13,8% no trimestre de maio a julho
Economia

Contas públicas têm déficit recorde de R$ 87,6 bilhões em agosto

Saldo negativo foi causado pelas despesas vinculadas à pandemia
Contas públicas têm déficit recorde de R$ 87,6 bilhões em agosto
Futebol

Libertadores: Flamengo recebe Del Valle em jogo com cara de revanche

Quem vencer no Maracanã assegura vaga antecipada nas oitavas de final
Libertadores: Flamengo recebe Del Valle em jogo com cara de revanche
Política

Eleitor poderá justificar falta pelo celular

e-Título estará atualizado até as eleições para a justificativa
Eleitor poderá justificar falta pelo celular
Ver mais de Brasil