Banner Proauto
Pedido

Negado pedido de liberdade do ex-senador Gim Argello

25 Nov 2016 - 10h15
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki negou nesta quinta-feira (24) um pedido de liberdade feito pela defesa do ex-senador Gim Argello, preso desde abril em uma das fases da Operação Lava Jato

Gim Argello foi condenado em outubro pelo juiz federal Sérgio Moro, do Paraná, a 19 anos de prisão, inicialmente, em regime fechado. A sentença foi dada em uma ação da operação Lava Jato pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e obstrução à investigação.

Na decisão, Teori diz considerar que não há ilegalidade no decreto de prisão, que apontou risco de que Gim Argello continue a cometer crimes. O pedido de liberdade ainda será analisado pela Segunda Turma do Supremo, em data ainda não definida. As informações são do G1.
GNet

Matérias Relacionadas

Esportes

Palmeiras é tricampeão da Copa Libertadores da América

Deyverson saiu do banco de reserva e definiu título na prorrogação.
Palmeiras é tricampeão da Copa Libertadores da América
Saúde

Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério

Variante B1.1.529 foi batizada de Omicron
Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério
Esportes

Flamengo e Palmeiras buscam a glória eterna da Libertadores

O jogo coloca frente a frente os dois últimos vencedores da competição (o Rubro-Negro da edição 2019 e o Verdão da edição 2020)
Flamengo e Palmeiras buscam a glória eterna da Libertadores
Saúde

Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países

Variante Ômicron preocupa autoridades sanitárias
Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países
Ver mais de Brasil