Justiça

Negado pedido de liberdade a ex-tesoureiro do PT

14 Jul 2016 - 09h25
O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) negou pedido de liberdade a Paulo Ferreira, ex-deputado e ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores (PT) preso na “Operação Custo Brasil”.  Paulo Ferreira obteve, no entanto, autorização para visitar o pai, que se encontra em estado gravíssimo de saúde. Os detalhes serão definidos pelo juiz de primeiro grau.

No último dia 29, a Justiça Federal liberou o ex-ministro Paulo Bernardo e outros sete presos na Operação Custo Brasil, após habeas corpus concedido pelo ministro Paulo Dias Tóffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF).

No entanto, Paulo Ferreira e Nelson de Freitas foram manidos presos, porque o juiz federal de primeira instância entendeu que contra eles havia prova concreta de tentativa de influência nos depoimentos dos colaboradores da investigação.

Ferreira, então, recorreu ao TRF3 pedindo a extensão a ele dos efeitos da decisão do STF. Ao analisar o pedido de liminar no habeas corpus, a relatora, assim como o juiz de primeiro grau, também considerou que a situação de Paulo Ferreira possui particularidades que não permitem a extensão do entendimento do STF que colocou em liberdade outros investigados na operação.

 

 

Fonte - G1 Brasília

Matérias Relacionadas

Geral

Grupo Malwee é reconhecido como uma das empresas mais sustentáveis do Brasil

O Grupo Malwee, uma das maiores empresas de moda do país, foi reconhecido pela segunda vez, como uma das empresas mais sustentáveis do Brasil pelo Guia Exame de Sustentabilidade 2019.
Grupo Malwee é reconhecido como uma das empresas mais sustentáveis do Brasil
Educação

MEC levará internet a 24,5 mil escolas públicas

De acordo com a pasta, isso significa que 56% das escolas públicas passarão a estar conectadas no país. A medida deverá beneficiar 11,6 milhões de estudantes
MEC levará internet a 24,5 mil escolas públicas
Saúde

Casos de morte por dengue aumentam 5 vezes em relação ao ano passado

Em todo o país, 689 pessoas morreram de dengue até 12 de outubro
Casos de morte por dengue aumentam 5 vezes em relação ao ano passado
Geral

Proteção de dados deve ser regulada globalmente, diz historiador

Israelense Yuval Noah Harari esteve em evento de inovação em Brasília
Proteção de dados deve ser regulada globalmente, diz historiador
Ver mais de Brasil