Justiça

Negado pedido de liberdade a ex-tesoureiro do PT

14 Jul 2016 - 09h25
O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) negou pedido de liberdade a Paulo Ferreira, ex-deputado e ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores (PT) preso na “Operação Custo Brasil”.  Paulo Ferreira obteve, no entanto, autorização para visitar o pai, que se encontra em estado gravíssimo de saúde. Os detalhes serão definidos pelo juiz de primeiro grau.

No último dia 29, a Justiça Federal liberou o ex-ministro Paulo Bernardo e outros sete presos na Operação Custo Brasil, após habeas corpus concedido pelo ministro Paulo Dias Tóffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF).

No entanto, Paulo Ferreira e Nelson de Freitas foram manidos presos, porque o juiz federal de primeira instância entendeu que contra eles havia prova concreta de tentativa de influência nos depoimentos dos colaboradores da investigação.

Ferreira, então, recorreu ao TRF3 pedindo a extensão a ele dos efeitos da decisão do STF. Ao analisar o pedido de liminar no habeas corpus, a relatora, assim como o juiz de primeiro grau, também considerou que a situação de Paulo Ferreira possui particularidades que não permitem a extensão do entendimento do STF que colocou em liberdade outros investigados na operação.

 

 

Fonte - G1 Brasília

Matérias Relacionadas

Política

Bolsonaro exonera secretário especial da Cultura, Roberto Alvim

Alvim divulgou vídeo que remete a trechos de discurso de Goebbels
Bolsonaro exonera secretário especial da Cultura, Roberto Alvim
Educação

Enem libera notas nesta sexta-feira; veja como recuperar senha

Quase 4 milhões de participantes terão acesso aos resultados
Enem libera notas nesta sexta-feira; veja como recuperar senha
Economia

Caixa e Banco do Brasil começam a pagar hoje abono do PIS/Pasep

Caixa e Banco do Brasil começam a pagar hoje abono do PIS/Pasep
Política

Toffoli adia por 6 meses implementação do juiz de garantias

Adoção da nova função estava prevista para o dia 23 deste mês
Toffoli adia por 6 meses implementação do juiz de garantias
Ver mais de Brasil