105 Ouça
Olimpíada

Nadal detona quadra do Centro Olímpico e desiste de duplas mistas

11 Ago 2016 - 22h52
Depois de reclamar da organização, que agendou três partidas para o espanhol no mesmo dia - nas chaves de simples, duplas e duplas mistas -, o ex-líder do ranking detonou a quadra 3 do Centro Olímpico de Tênis, onde ele e seu compatriota Marc López despacharam os canadenses Nestor e Pospisil para garantir, na pior das hipóteses, a medalha de prata na competição.
"Nunca havia jogado uma partida tão importante para nós em uma quadra tão ruim", criticou.


Horas antes da vitória contra a dupla canadense em dois tie-breaks, Nadal superou o francês Gilles Simon, também em sets diretos.



Insatisfeito com o desgaste provocado pela maratona de jogos, Nadal desistiu da chave de duplas mistas. Ele atuaria ao lado de Garbiñe Muguruza contra os tchecos Radek Stepanek e Lucie Hradecka.


O espanhol desembarcou no Rio de Janeiro preocupado com suas condições físicas. Ele não atuava desde o fim de maio, quando desistiu de Roland Garros por conta de um problema no punho.



Medalhista de ouro em Pequim, há oito anos, Nadal pediu um intervalo maior entre as partidas durante a Olimpíada. Para ele, os Jogos devem seguir a fórmula dos Grand Slams, torneios disputados ao longo de duas semanas.


"Seria bom que as Olimpíadas fossem disputadas num intervalo de tempo maior, de 12 dias. E dá para fazer. Há opções. Perdi torneios muito importantes por causa de lesão, como a Copa Davis e Wimbledon", lamentou.


GNet

Matérias Relacionadas

Saúde

STF suspende julgamento que proíbe demissão de não vacinados

A análise da portaria foi iniciada ontem em plenário virtual
STF suspende julgamento que proíbe demissão de não vacinados
Saúde

Rio Grande do Sul confirma caso de infecção pela variante Ômicron

Mulher voltou de viagem à África do Sul na semana passada
Rio Grande do Sul confirma caso de infecção pela variante Ômicron
Geral

WEG fornece Powertrain para ônibus elétrico da Marcopolo

Fabricação do ônibus Attivi reforça a capacidade da indústria nacional em transformar o Brasil em um player global de veículos de transporte urbano elétricos
WEG fornece Powertrain para ônibus elétrico da Marcopolo
Segurança

Criança pede socorro em prova: 'meu pai bate na minha mãe'

Menina de 13 anos que escreveu o pedido de ajuda está em um abrigo sob responsabilidade do Conselho Tutelar, junto com os três irmãos.
Criança pede socorro em prova: 'meu pai bate na minha mãe'
Ver mais de Brasil