Imobiliária Coralli
Lava-jato

Moro volta a ouvir testemunhas em ações de Cunha e Lula na Lava Jato

30 Nov 2016 - 10h23
O juiz federal Sérgio Moro deve ouvir testemunhas durante toda esta quarta-feira (30), nas ações penais que têm como alvos principais o ex-deputado federal Eduardo Cunha e o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. Os dois respondem a processos que foram derivados de investigações da Operação Lava Jato.

Moro deverá ouvir quatro testemunhas de acusação no processo contra Lula. Entre elas, estão o pecuarista José Carlos Bumlai e o empresário Armando Dagre Magri. Bumlai já foi condenado na Lava Jato por ter feito um empréstimo que, segundo ele mesmo, foi repassado ao Partido dos Trabalhadores (PT). Segundo as investigações, o tal empréstimo era um pagamento de propina por parte do Grupo Schahin à legenda, devido a um contrato fechado com a Petrobras.

À tarde, a partir das 14h, Moro retoma a audiência do processo contra Lula para ouvir mais três testemunhas de acusação. Dessas, duas são ex-executivos da construtora OAS, que trabalhavam na empresa à época em que as supostas irregularidades teriam ocorrido. As informações são do G1

Matérias Relacionadas

Saúde

Termina oficialmente na sexta-feira a campanha vacinação

Crianças de 1 a menos de cinco anos devem ser imunizadas contra a pólio; menores de 15 anos recebem a multivacinação
Termina oficialmente na sexta-feira a campanha vacinação
Geral

CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos

Proposta contempla redução da pena de presos já condenados
CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos
Geral

Incêndio atinge Hospital Federal de Bonsucesso, no Rio

Causas do incêndio ainda são desconhecidas
Incêndio atinge Hospital Federal de Bonsucesso, no Rio
Economia

BC inicia hoje penúltima reunião do ano para definir taxa Selic

Expectativa é que a Selic se mantenha em 2% ao ano até o final de 2020
BC inicia hoje penúltima reunião do ano para definir taxa Selic
Ver mais de Brasil