Imobiliária Coralli
Futebol

Mercado: Cruzeiro acerta empréstimo de ex-volante do São Paulo

19 Jul 2016 - 21h15
O período de contrato do volante já foi informado: ele ficará em Belo Horizonte até dezembro de 2016. Esta era a principal pendência a ser resolvida até esta terça-feira (19), data limite para transferência de jogadores vindos do exterior. Havia outras duas possibilidades: compromisso 12 ou 18 meses.

O certificado de transferência internacional do meio-campista foi enviado à Fifa e ele tem condições de atuar pela equipe comandada por Paulo Bento quando tiver o novo vínculo publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Segundo pessoas ligadas à negociação, já havia o acerto entre Cruzeiro e Denílson antes mesmo de um acordo com o Al Wahda. Os mineiros, no entanto, aguardavam a definição da diretoria árabe para confirmar a contratação. A resposta positiva do clube estrangeiro foi motivada pelo desejo do atleta.

Denílson chega à Toca da Raposa II para reforçar o meio de campo. Hoje, a equipe conta com Henrique, Lucas Romero, Ariel Cabral, Marciel, Federico Gino e Bruno Ramires para a sua posição. Robinho, atualmente no departamento médico, também pode exercer a função realizada pelo novo reforço.

Matérias Relacionadas

Saúde

Doações de órgãos caíram 40% com pandemia

Ministério da Saúde lançou hoje campanha para aumentar doações
Doações de órgãos caíram 40% com pandemia
Geral

Governo libera entrada de estrangeiros em todos os aeroportos do país

Entrada por rodovias e por outros meios terrestres continua restrita
Governo libera entrada de estrangeiros em todos os aeroportos do país
Economia

IBGE: 3,4 milhões estavam afastados do trabalho no início setembro

O motivo foi o isolamento social imposto pela pandemia de covid-19
IBGE: 3,4 milhões estavam afastados do trabalho no início setembro
Geral

Liesa decide adiar desfiles das escolas de samba no Rio

Decisão foi tomada nessa quinta-feira à noite
Liesa decide adiar desfiles das escolas de samba no Rio
Ver mais de Brasil