Eleições 2020
Cabral

Manifestantes soltam fogos de artifício na chegada de Cabral a Bangu

18 Nov 2016 - 10h17
O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral Filho foi recebido com fogos de artifícios atirados por manifestantes que aguardavam a sua chegada no complexo penitenciário de Bangu, na zona oeste do rio de janeiro.

Cabral Filho foi preso nesta quinta-feira em operação Calicute, por suspeita de receber propina de construtoras quando estava no comando no estado. A detenção foi comemorada com espumante.

O prejuízo estimado pelos investigadores do Ministério Público Federal e da Polícia Federal é estimado em mais de R$ 220 milhões.

De acordo com as investigações, Cabral chefiava um esquema de corrupção que cobrou propina de empresas, lavou dinheiro e fraudou licitações em grandes obras no estado realizadas com recursos federais.

Segundo o Ministério Público Federal, o ex-governador recebia "mesadas" entre R$ 200 mil e R$ 500 mil da Carioca Engenharia e da Andrade Gutierrez.

Operação Calicute é resultado de investigação da força-tarefa da Operação Lava jato no estado do Rio de Janeiro em atuação coordenada com a força-tarefa da Operação Lava Jato no Paraná. As informações são da Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Economia

Procura das empresas por crédito tem queda de 3,3% em setembro

É o terceiro mês consecutivo de queda
Procura das empresas por crédito tem queda de 3,3% em setembro
Saúde

Termina oficialmente na sexta-feira a campanha vacinação

Crianças de 1 a menos de cinco anos devem ser imunizadas contra a pólio; menores de 15 anos recebem a multivacinação
Termina oficialmente na sexta-feira a campanha vacinação
Geral

CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos

Proposta contempla redução da pena de presos já condenados
CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos
Geral

Incêndio atinge Hospital Federal de Bonsucesso, no Rio

Causas do incêndio ainda são desconhecidas
Incêndio atinge Hospital Federal de Bonsucesso, no Rio
Ver mais de Brasil