Imobiliária Coralli
Olimpíada

Larissa e Talita batem alemãs, ampliam sequência invicta e vão às quartas

12 Ago 2016 - 22h14
Com a vitória desta sexta-feira, Larissa e Talita chegaram a onze jogos consecutivos sem perder um set sequer. Elas agora enfrentam a dupla vencedora de Meppelink/Van Iersel, da Holanda, contra Heidrich/Zumkehr, da Suíça.


"Está legal, acho que é muito foco, muita concentração. Muita certeza do que a gente quer. Isso faz com que a gente tenha 100% de certeza que vai dar certo, vai funciona. Isso está ajudando, espero que seja assim e que a gente consiga o objetivo maior que é chegar na final e ganhar ouro", disse Larissa.


As brasileiras iniciaram os Jogos como uma das duplas mais fortes da competição. Larissa, ex-parceira de Juliana, conquistou a medalha de bronze em Londres, há quatro anos.


Festival de erros das alemãs


No aquecimento, um grito de "vai, Corinthians" na arquibancada da arena do vôlei de praia foi abafado por uma sonora vaia.


As alemãs começaram o duelo com mais volume de jogo e abriram vantagem: 8 a 5.


Apesar do início lento, Larissa e Talita diminuíram a quantidade de erros, cresceram nos bloqueios e chegaram à virada, levando o público em Copacabana ao delírio.


O festival de falhas de Borger e Buthe, que fecharam o primeiro set com dez erros, permitiu que Larissa e Talita vencessem o primeiro set por 21/17.



Larissa brilha na 2ª parcial


As alemãs corrigiram o problema do set inicial, erraram bem menos e equilibraram a partida.


Quando o jogo estava empatado em 13/13, Larissa fez uma defesa excepcional em uma pancada e anotou o ponto mais bonito do jogo.


Nos momentos mais delicados, sobretudo nos erros de Talita, ela gesticulava para que a companheira  tivesse calma.


Depois de definir o jogo em um ataque, Larissa foi para os braços da torcida e de sua família, incluindo sua mulher Lili. Celebração merecida de quem teve uma atuação impecável nesta sexta-feira.


"Minha família estava ali e agradecer o público. Esse caldeirão está fazendo a diferença. Entra para jogar, para ganhar, mas entra também para dar nosso melhor pelo público porque está fantástico, está demais, arrepia. Dentro de casa, saber que independente do momento, tem milhares de brasileiros torcendo por você", explicou a jogadora.

Matérias Relacionadas

Educação

Correios e MEC preparam a entrega de 197 milhões de livros didáticos

Serão entregues 197 milhões de livros em municípios de todo o país
Correios e MEC preparam a entrega de 197 milhões de livros didáticos
Geral

Huawei avança em energia solar no Brasil e mira em baterias

A empresa é alvo de polêmicas relacionadas à tecnologia 5G
Huawei avança em energia solar no Brasil e mira em baterias
Economia

IBGE: número de desempregados chega a 13,5 milhões em setembro

Aumento foi de 4,3% no mês e de 33,1% desde maio, mostra pesquisa
IBGE: número de desempregados chega a 13,5 milhões em setembro
Esportes

Para além do videogame: futebol inspira desenvolvedores de jogos de cassino e vira tema de caça-níqueis

Ver mais de Brasil