GNet
Juros

Juros médios no cartão de crédito passam de 450% ao ano

12 Set 2016 - 12h44
As taxas de juros subiram de julho para agosto e encareceram ainda mais o crédito para consumidores e empresas, segundo pesquisa da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac)

No caso das linhas para pessoas físicas, subiram as taxas cobradas na maioria das modalidades, com destaque para o cartão de crédito rotativo, cujos juros passaram de 447,44% ao ano, em julho, para 451,44% ao ano, em agosto. Na sequência, está o cheque especial. De 293,79% ao ano, a taxa passou de 296,33% ao ano, em agosto.

Considerando todas as modalidades, a taxa de juros média geral para pessoa física apresentou uma elevação: de 8,09% ao mês (154,35% ao ano) em julho para 8,13% ao mês (155,48% ao ano) em agosto de 2016. Essa é a maior maior taxa de juros desde agosto de 2003, de acordo com a pesquisa.

Para os próximos meses, a Anefac afirma acreditar que, "tendo em vista o cenário econômico atual, que aumenta o risco de elevação dos índices de inadimplência, a tendência é de que as taxas de juros das operações de crédito voltem a ser elevadas".

 

As informações são do

Site G1
GNet

Matérias Relacionadas

Segurança

Família do Mato Grosso do Sul procura por homem desaparecido em Jaraguá

Segundo a sobrinha, o homem possui problemas de memória o que dificulta ser encontrado.
Família do Mato Grosso do Sul procura por homem desaparecido em Jaraguá
Economia

Rede Cooper é a cooperativa de alimentos mais lembrada pelos catarinenses

Resultado faz parte do prêmio Top Of Mind 2021
Rede Cooper é a cooperativa de alimentos mais lembrada pelos catarinenses
Geral

WEG desenvolve linha de revestimentos nanoestruturados em parceria com as Empresas Randon

Mais sustentável, mais resistente à corrosão e com melhor performance de brilho e cor, a linha New Tech chega ao mercado isenta de solventes, a base d'água e de nanopartículas.
WEG desenvolve linha de revestimentos nanoestruturados em parceria com as Empresas Randon
Política

Ministro Tarcisio diz que obras em SC têm recursos suficientes

Ministro se pronunciou sobre o corte de quase R$ 40 milhões destinados para obras nas rodovias federais catarinenses
Ministro Tarcisio diz que obras em SC têm recursos suficientes
Ver mais de Brasil