Imobiliária Coralli
Futebol

Joinville supera o Goiás, mas segue na degola

20 Jul 2016 - 15h08
Aproveitando duas falhas da defesa esmeraldina nas bolas aéreas, o Joinville venceu por 2 a 1, com gols de Fabiano Eller e Matheus Bertotto, ambos no primeiro tempo. Daniel Carvalho descontou nos acréscimos, em gol de pênalti. Apesar da vitória, o Joinville segue amargando a zona de rebaixamento. O time chegou aos 17 pontos e igualou a pontuação do Bragantino, porém tem um saldo de gols de pior. O time paulista ainda joga na rodada e pode ultrapassar justamente o Goiás, que estacionou nos 18 pontos, na 16ª posição, e pode entrar no Z4.

O Goiás volta a campo na próxima terça-feira para enfrentar o Luverdense, às 19h15 (de Brasília), no Serra Dourada. O Joinville joga somente no outro sábado, às 16 horas (de Brasília), contra o Oeste, na Arena.

O jogo

Jogando em casa, o Joinville começou melhor na partida e foi premiado com um gol logo aos três minutos. Após falta cobrada da direita, Rafael Donato cabeceou forte e Renan fez boa defesa. No rebote, o mesmo Donato bateu para o meio da área e Fabiano Eller completou para o fundo da rede.

Mesmo depois de abrir o placar, o Joinville continuava mais participativo no jogo e levava muito perigo nas bolas aéreas. Naldo, Fernandinho, Fabiano Eller e Rafael Donato assustaram o goleiro Renan em diversas oportunidades. Aos 24 minutos, Matheus Bertotto ampliou, novamente em bola pelo alto. Após cruzamento da direita, Rafael Donato desviou de cabeça e Bertotto escorou para o gol.

Em desvantagem, o Goiás saiu mais para o jogo depois de sofrer o segundo gol e deu trabalho para Aranha. Aos 26 minutos, o goleiro tricolor se esticou todo para cortar cruzamento. Aos 32, Léo Lima recebeu na entrada da área e bateu colocado rasteiro. Aranha foi buscar. Na sequência, Rossi aproveitou erro de Fabiano Eller e saiu cara a cara com o arqueiro, que fez grande defesa. Aranha ainda evitou o gol em finalização de Carlos Eduardo.

O Goiás voltou para a etapa final ensaiando uma pressão e chegou com perigo duas vezes nos cinco minutos iniciais, com Rossi. Na primeira, Aranha fez a defesa e, na segunda, a finalização saiu pela linha de fundo. O Joinville aproveitou descuido do rival e quase ampliou com Bruno Ribeiro, aos sete minutos.

A partida ganhou em emoção no segundo tempo, com as duas equipes buscando mais o gol. O Goiás teve chances com Wesley Matos e Léo Lima, mas ambas pararam em Aranha. O Joinville voltou a assustar em jogada de Carlos Alberto, interceptada por Renan. Daniel Carvalho, que substituiu Léo Sena, entrou com vontade e era uma das principais armas do ataque Esmeraldino. Em duas ocasiões, o meia finalizou por cima da meta defendida por Aranha.

O Goiás voltou a levar perigo na marca de 23 minutos, em finalização de Marcão defendida por Aranha. O Joinville respondeu aos 27, em chute cruzado de Everton Silva, bem defendido por Renan.

Na sequência, Reginaldo também arriscou, mas mandou para fora. O Goiás chegou ao gol nos acréscimos, em pênalti sofrido por Marcão e convertido por Daniel Carvalho, mas não conseguiu evitar a derrota.  

 

Matérias Relacionadas

Esportes

Brasileiros faturam três ouros em Aberto Internacional de Paratletismo

Alessandro Rodrigo e Michel Gustavo brilharam na Alemanha
Brasileiros faturam três ouros em Aberto Internacional de Paratletismo
Esportes

Comitê Paralímpico lança galeria em museu virtual

A mostra tem audiodescrição em língua de sinais na página do museu
Comitê Paralímpico lança galeria em museu virtual
Esportes

Covid-19: com seis infectados, Fla encara Barcelona-EQU nesta terça

Clube carioca tem outros cinco desfalques para jogo da Libertadores
Covid-19: com seis infectados, Fla encara Barcelona-EQU nesta terça
Economia

Trabalhadores nascidos em dezembro recebem hoje crédito do FGTS

Pagamento é feito por meio da conta poupança digital da Caixa
Trabalhadores nascidos em dezembro recebem hoje crédito do FGTS
Ver mais de Brasil