Futebol

Inter vence corrida contra o tempo e fecha contratação de Nico López

19 Jul 2016 - 21h17
O atacante, que estava emprestado ao Nacional-URU, é aguardado em Porto Alegre já nesta quarta-feira. O registro na CBF deve sair antes do fim de semana.

Segundo apurou o UOL Esporte, o Inter pagará pouco mais de 4 milhões de dólares (R$ 13,1 milhões na cotação atual) por 50% dos direitos econômicos de Nico López.

Boa parte do valor foi emprestado pelo empresário Delcir Sonda, presidente do Grupo DIS. O investidor será ressarcido com pagamento parcelado. Em outros negócios, o parceiro recebeu percentual de jovens da base ou do próprio atleta que ajudou a contratar.

A mudança no pagamento é um reflexo da regra da Fifa, em vigor desde o ano passado, que proíbe participação de terceiros em negociações entre clubes e jogadores.

A confirmação do negócio pode ser considerada uma vitória no Beira-Rio.

Acertado com jogador e Udinese desde sexta-feira, o Internacional tinha até 23h59min59seg (Brasília) para realizar o trâmite burocrático com mais duas partes: o time italiano e o Nacional, do Uruguai.

Nico López, 22 anos, estava acertado com o Internacional há três semanas. Em abril, o Colorado fez a primeira proposta e ouviu não da Udinese. Sem nenhuma outra oferta, o time italiano topou escutar nova proposta. E aí, o clube gaúcho reajustou os valores e retirou a cláusula que previa repasse de percentual de jovens atletas.

fONTE: uol.

Matérias Relacionadas

Política

Bolsonaro anuncia saída do PSL e criação da Aliança pelo Brasil

Bolsonaro anuncia saída do PSL e criação da Aliança pelo Brasil
Economia

Reforma da Previdência é promulgada pelo Congresso

Economia

Bolsonaro assina medida provisória que extingue o Dpvat

Geral

Grupo Malwee é reconhecido como uma das empresas mais sustentáveis do Brasil

O Grupo Malwee, uma das maiores empresas de moda do país, foi reconhecido pela segunda vez, como uma das empresas mais sustentáveis do Brasil pelo Guia Exame de Sustentabilidade 2019.
Grupo Malwee é reconhecido como uma das empresas mais sustentáveis do Brasil
Ver mais de Brasil