Imobiliária Coralli
Consumo

Intenção de Consumo das Famílias cresce 2,4% entre setembro e outubro

27 Out 2016 - 10h36
A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) cresceu 2,4% na passagem de setembro para outubro deste ano, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Esta é a quarta alta consecutiva do indicador, que busca avaliar se os consumidores brasileiros têm intenção de consumir produtos e serviços.

Em relação a outubro do ano passado, no entanto, houve queda de 5,7% do indicador, a 46a neste tipo de comparação.

Na comparação com setembro deste ano, os sete componentes avaliados tiveram alta, com destaque para a perspectiva de consumo (7,9%), seguida pelo momento para a compra de bens duráveis (3,4%). Os demais componentes tiveram os seguintes crescimentos: nível de consumo atual (2,3%), compra a prazo (2,2%), renda atual (1,7%), perspectiva profissional (1,4%) e emprego atual (0,8%).

Em relação a outubro do ano passado, houve crescimento em apenas dois componentes: perspectiva profissional (0,8%) e perspectiva de consumo (0,7%). O nível de consumo atual teve a maior queda entre os cinco componentes com desempenho negativo (-17,6%). As informações são da Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Economia

Procura das empresas por crédito tem queda de 3,3% em setembro

É o terceiro mês consecutivo de queda
Procura das empresas por crédito tem queda de 3,3% em setembro
Saúde

Termina oficialmente na sexta-feira a campanha vacinação

Crianças de 1 a menos de cinco anos devem ser imunizadas contra a pólio; menores de 15 anos recebem a multivacinação
Termina oficialmente na sexta-feira a campanha vacinação
Geral

CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos

Proposta contempla redução da pena de presos já condenados
CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos
Geral

Incêndio atinge Hospital Federal de Bonsucesso, no Rio

Causas do incêndio ainda são desconhecidas
Incêndio atinge Hospital Federal de Bonsucesso, no Rio
Ver mais de Brasil