Imobiliária Coralli
Indústria

Indústria sobe em janeiro de 2017

08 Mar 2017 - 13h55

odução da indústria brasileira iniciou 2017 em queda de 0,1% em relação a dezembro. No entanto, frente a janeiro de 2016, a atividade fabril avançou 1,4%, interrompendo 34 meses seguidos de retração nessa base de comparação. Em 12 meses, a produção industrial acumula baixa de 5,4%.

Poliomelite




Os números foram divulgados nesta quarta-feira (1º) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).



O pesquisador destacou que, ao observar a média móvel trimestral, se nota uma melhora do resultado nos últimos três meses, mas que ainda é muito distante do pico da produção industrial, registrada em 2013.



O crescimento de um ano para o outro foi puxado pelo aumento de 12,5% na produção das indústrias extrativas (minérios de ferro, óleos brutos de petróleo e gás natural). Também avançaram as produções de veículos automotores, reboques e carrocerias (5,2%) e de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (18%), entre outros.



Por outro lado, caíram as produções de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (-11,1%), pressionadas pelo óleo diesel. Na sequência, estão máquinas, aparelhos e materiais elétricos (-8,6%), máquinas e equipamentos (-4,9%), produtos de metal (-6,2%) e outros equipamentos de transporte (-9,4%).


G1

Matérias Relacionadas

Geral

Meu Plano D oferece cursos gratuitos para quem deseja empreender no segmento de doces

Os conteúdos são aplicados por confeiteiros e consultores de negócios, de maneira didática, com videoaulas, e-books e certificado de formação
Meu Plano D oferece cursos gratuitos para quem deseja empreender no segmento de doces
Saúde

IBGE: obesidade mais do que dobra na população com mais de 20 anos

Resultados são da Pesquisa Nacional de Saúde 2019
IBGE: obesidade mais do que dobra na população com mais de 20 anos
Política

Bolsonaro diz que governo federal não comprará vacina CoronaVac

A CoronaVac prevê a administração de duas doses por pessoa
Bolsonaro diz que governo federal não comprará vacina CoronaVac
Saúde

Brasil anuncia que vai comprar 46 milhões de doses da CoronaVac

Ministro da Saúde assina protocolo de intenções para adquirir a vacina
Brasil anuncia que vai comprar 46 milhões de doses da CoronaVac
Ver mais de Brasil