Covid - 19
Inadimplência

Inadimplência das empresas cresce 11% em agosto

26 Set 2016 - 14h07
O crescimento do número de empresas inadimplentes desacelerou pelo quinto mês consecutivo, mas ainda é bastante elevado, de acordo com dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). O total de pessoas jurídicas com pendências atrasadas cresceu 10,78% em agosto na comparação com o mesmo mês do ano anterior, percentual referente a quatro regiões pesquisadas - Centro-Oeste, Norte, Nordeste e Sul. A região Sudeste não foi considerada devido à Lei Estadual nº 15.659 que vigora no estado de São Paulo e dificulta a negativação de pessoas físicas e jurídicas no estado.

Entre as regiões analisadas, o Nordeste foi a que apresentou a maior variação no número de empresas com o CNPJ registrado nas listas de negativados: um avanço anual de 13,52%. No Norte, a inadimplência de pessoas jurídicas também registrou forte avanço, crescendo 10,66% na comparação entre agosto e o mesmo mês do ano anterior. As regiões Centro-Oeste e Sul apresentaram variações menores do número de devedores, mas, ainda assim, os números são expressivos: 9,86% e 8,17%, respectivamente.

Matérias Relacionadas

Esportes

CBF anuncia novo calendário do futebol brasileiro

Início das Copas Libertadores e Sul-Americana segue indefinido
CBF anuncia novo calendário do futebol brasileiro
Geral

IBGE pesquisa impacto da pandemia nas empresas

Primeiros resultados serão divulgados na próxima semana
IBGE pesquisa impacto da pandemia nas empresas
Saúde

IBGE promove pesquisa sobre covid por telefone

Cerca de dois mil agentes do IBGE fazem contato por telefone com 193,6 mil domicílios de 3.364 municípios de todos os estados do país
IBGE promove pesquisa sobre covid por telefone
Educação

Sebrae: cresce interesse por cursos a distância para empreender

Inscrições este ano, até o momento, chegam a 1,5 milhão de pessoas
Sebrae: cresce interesse por cursos a distância para empreender
Ver mais de Brasil