Banner Proauto
Governo

Governo adia para 2018 obrigatoriedade do eSocial para empregadores

31 Ago 2016 - 12h34
O uso do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas, o eSocial, por empregadores começará a ser obrigatório somente a partir de 2018, e não mais em setembro deste ano, como foi definido ano passado. O adiamento está em resolução do Comitê Diretivo do eSocial publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 31.

De acordo com a norma, a obrigatoriedade do eSocial se dará em 1º de janeiro de 2018 para os empregadores e contribuintes com faturamento no ano de 2016 acima de R$ 78 milhões e em 1º de julho de 2018 para os demais empregadores e contribuintes.

O eSocial vai unificar o envio de informações pelo empregador ao governo em relação aos seus empregados. Instituído por decreto em dezembro de 2014, o sistema padroniza a transmissão, validação, armazenamento e distribuição de dados referentes às obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas dos funcionários. As informações são da Agência Estado.

Matérias Relacionadas

Saúde

HIV: Brasil tem 694 mil pessoas em terapia antirretroviral

Só neste ano, 45 mil pessoas iniciaram o tratamento no país
HIV: Brasil tem 694 mil pessoas em terapia antirretroviral
Segurança

Família do Rio Grande do Sul que estava de mudança perde tudo após acidente em Jaraguá

A família iria começar uma empresa de higienização na cidade e estava de mudança para o bairro Três Rios do Norte.
Família do Rio Grande do Sul que estava de mudança perde tudo após acidente em Jaraguá
Esportes

Justiça determina realização de novas eleições para a CBF

Nova assembleia deverá ser feita em 30 dias
Justiça determina realização de novas eleições para a CBF
Geral

Caso da Boate Kiss vai a júri oito anos após tragédia

Incêndio em Santa Maria (RS) matou 242 pessoas e deixou 636 feridas
Caso da Boate Kiss vai a júri oito anos após tragédia
Ver mais de Brasil