Futsal

Futsal SP: Sem acordo de renovação, Tiago pode deixar o Sorocaba no próximo ano

13 Dez 2016 - 13h56
Para a próxima temporada, apenas o goleiro Luan, os fixos Rodrigo e Ricardinho, o ala Pixote, além de Falcão, estão com contrato renovado com o Sorocaba. A reformulação na equipe será grande, já que cinco jogadores do Corinthians tem acordo com o time para 2017: Arthur, Marcel, Leandro Lino, Rocha e Edgard.

A situação de Tiago emperra na valorização do jogador, que aceitou reduzir o salário no início da temporada. Para a renovação sair, será necessário um denominador comum entre as partes.

– Ainda não renovei meu contrato, estamos negociando. Agora com o fim da temporada vamos sentar e conversar melhor sobre esse assunto. Gosto muito da cidade, minha família está adaptada e isso pesa muito. Porém, tenho que ver o meu lado e analisar o que é melhor profissionalmente para mim, mas quero definir isso o quanto antes – revela.

Tiago está no Sorocaba desde o início do projeto. Em três anos de existência, o time é campeão da Liga Paulista, Liga Nacional, Sul-Americano, Libertadores e Mundial. Neste ano, além do título mundial, a equipe foi vice-campeã estadual e nacional.

– Nosso ano foi positivo. Chegamos em três finais, conquistamos o título mundial. Precisamos tirar lições das derrotas e nos planejarmos melhor para, futuramente, podermos conquistar mais títulos – analisa.

Fonte: Emilio Botta - globoesporte.com/ via futsal de primeira

Matérias Relacionadas

Economia

Entrega do Imposto de Renda com atraso tem multa a partir de hoje

Receita Federal recebeu 31.980.151 declarações
Entrega do Imposto de Renda com atraso tem multa a partir de hoje
Educação

Inscritos no Enem querem prova em maio de 2021

Inep fez enquete para escolha de data de aplicação da prova
Inscritos no Enem querem prova em maio de 2021
Política

Câmara pode votar hoje proposta que adia eleições deste ano

PEC foi aprovada na semana passada no Senado
Câmara pode votar hoje proposta que adia eleições deste ano
Geral

Senado aprova projeto de combate a notícias falsas

O texto segue para a Câmara dos Deputados.
Ver mais de Brasil