Fecomércio

Feriados deverão fazer comércio perder R$ 10,5 bilhões em 2017

02 Jan 2017 - 11h04
Estimativas da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) apontam que o comércio varejista brasileiro deverá deixar de ganhar R$ 10,5 bilhões em 2017 devido aos feriados nacionais e feriadões. O montante é 2% superior ao projetado no ano passado.

O setor de vestuário, tecidos e calçados deverá deixar de ganhar cerca de R$ 1,1 bilhão com os feriados e emendas de 2017, um crescimento de 23% em relação a 2016. No lado oposto, o segmento de outras atividades – em que é preponderante o comércio de combustíveis, além de joias e relógios, e artigos de papelaria – deixará de ganhar cerca de R$ 3,9 bilhões, 8% a menos que em 2016, o único setor a não apresentar crescimento das perdas.

 

Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Segurança

Homem descobre pênis decepado dentro de pote no jardim da casa da mãe

O filho é jardineiro e cuidava das plantas do jardim da mãe quando se deparou com o conteúdo inusitado no recipiente de vidro
Homem descobre pênis decepado dentro de pote no jardim da casa da mãe
Esportes

Com dois de Pedro, Flamengo derrota Grêmio e avança na Copa do Brasil

Nas semifinais o Rubro-Negro enfrenta o Athletico-PR
Com dois de Pedro, Flamengo derrota Grêmio e avança na Copa do Brasil
Esportes

Copa do Brasil: Flamengo e Grêmio duelam em busca de vaga na semifinal

Após goleada na ida, Rubro-Negro tem boa vantagem para o confronto
Copa do Brasil: Flamengo e Grêmio duelam em busca de vaga na semifinal
Política

Fusão entre DEM e PSL deve criar super partido de direita no Brasil

Se confirmada a fusão entre DEM e PSL, a sigla deverá ter candidato à Presidência da República em 2022. O ex-ministro Luiz Henrique Mandetta é uma opção
Fusão entre DEM e PSL deve criar super partido de direita no Brasil
Ver mais de Brasil