Eleições 2020
Olimpíada

Etíope Ayana destrói recorde mundial e ganha ouro nos 10 mil

12 Ago 2016 - 15h26
Ela deixou para trás a compatriota Tirunesh Dibaba, bicampeã olímpica que tentava seu terceiro e inédito título. Dibaba ficou com a medalha de bronze. O recorde anterior era da sua irmã Genzebe Dibaba que marcou 29min31s.

Logo no início da corrida, formou-se um bloco com seis corredoras na prova. A partir da metade da prova, Ayana passou a abrir distância das rivais, e disparou. A queniana Cheruiyot ficou na segunda posição também com larga distância mesmo para Dibaba.

A partir dos 5 mil, Ayana correu praticamente sozinha atrás do recorde. Ele abaixou em 50 segundos seu melhor tempo para os 10 mil, já que sua marca mais significativa antes era 30min07.

Isso porque Ayana, na verdade, é uma especialista nas provas de 3 mil e 5 mil metros. Ela foi medalha de ouro dos 5 mil no Mundial em Pequim-2015. Ela esteve perto de bater o recorde mundial dos 5 mil - que é de Tirunesh Dibaba. Seu tempo foi apenas 1 segundo superior.

 

Matérias Relacionadas

Economia

Procura das empresas por crédito tem queda de 3,3% em setembro

É o terceiro mês consecutivo de queda
Procura das empresas por crédito tem queda de 3,3% em setembro
Saúde

Termina oficialmente na sexta-feira a campanha vacinação

Crianças de 1 a menos de cinco anos devem ser imunizadas contra a pólio; menores de 15 anos recebem a multivacinação
Termina oficialmente na sexta-feira a campanha vacinação
Geral

CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos

Proposta contempla redução da pena de presos já condenados
CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos
Geral

Incêndio atinge Hospital Federal de Bonsucesso, no Rio

Causas do incêndio ainda são desconhecidas
Incêndio atinge Hospital Federal de Bonsucesso, no Rio
Ver mais de Brasil