Brasil

Estudantes criam veículo para cadeirantes irem à praia

O veículo é bem diferente das cadeiras de rodas convencionais, sem aquelas rodas finas que logo afundam na areia

04 Jan 2020 - 15h00Por Da Redação
Estudantes criam veículo para cadeirantes irem à praia - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Estudantes do Instituto Federal do Rio Grande do Norte criaram um veículo adaptado para levar cadeirantes à praia. A ideia surgiu depois que eles souberam das dificuldades de um cadeirante da cidade de Natal para ir à praia.

O projeto do estudante Iago Souza ganhou o apoio da colega Maraysa Araújo e dos docentes Artur Salgado e João Teixeira.

A experiência do Crab foi apresentada em eventos no Brasil e no exterior e recebeu prêmios, na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia, em São Paulo, e na Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia, no Rio Grande do Sul.

A invenção ainda levou o primeiro lugar na Infomatrix, feira realizada no México.

O veículo é bem diferente das cadeiras de rodas convencionais, sem aquelas rodas finas que logo afundam na areia.

Como

Ele tem seis rodinhas largas com um sistema de tração e o batizaram de Crab, palavra em inglês que significa caranguejo, numa referência à habilidade do animal de andar na areia.

A cadeira de rodas sobe na plataforma do Crab por uma rampa e é possível “dirigir” o veículo usando um controle remoto.

O primeiro protótipo em escala real foi produzido e, duas vezes por ano, faz demonstrações na orla de Natal para levar cadeirantes até a faixa de areia próxima ao mar.

O Crab tem capacidade para transportar uma cadeira de até oitenta quilos. A bateria é alimentada por energia solar e chega a durar sete horas.

Autonomia

Um dos idealizadores do projeto de acessibilidade, o diretor de Inovação Tecnológica do campus Natal-Zona Norte do Instituto Federal do Rio Grande do Norte, João Teixeira, diz que o grande mérito do Crab é devolver a autonomia para quem tem dificuldade de locomoção.

“Demonstra a expansão do mundo dos cadeirantes. Eles têm dificuldade de locomoção, de ter acesso a lugares, algo que deveria ser um direito garantido. É necessário que haja políticas públicas que possibilitem levá-los a lugares onde há dificuldade de acesso, como é o caso da praia”, disse Teixeira.

O garoto João Gabriel Andrade, de 8 anos, participou do projeto desde o início e já foi à praia duas vezes usando o Crab.

A mãe, Juliana Andrade de Castro, conta que o filho ficou encantado.

“O projeto é fantástico. O carro ajudou, porque são os pés dele. Para ele foi maravilhoso e, pra mim, mais ainda. Ele inclusive conseguiu controlar o carro, então ficou encantado”, relatou.

A experiência foi muito diferente de outro passeio que eles fizeram à praia, que terminou com os pais carregando o menino e a cadeira de rodas.

“Tentei uma vez e quase morro. Andei dois metros e tivemos que colocar a cadeira num braço e ele no outro. É impossível andar com a cadeira na areia fofa”, disse. Para ela, o ideal é que um número maior de crianças, também de outros estados, pudesse ter acesso ao Crab.

Futuro

A meta agora é expandir a iniciativa e levar o Crab a outras praias do País.

O diretor João Teixeira conta que a equipe vai buscar parcerias ou mesmo transferir tecnologia para que mais unidades do veículo sejam produzidas.

“Esperamos ter o apoio de instituições, do governo, para que a gente possa desenvolver esse veículo em maior quantidade e disponibilizar nas praias do Brasil”, explicou.

Fonte: SóNotíciaBoa


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Saúde

Brasil tem 20.503 casos e 464 mortes por covid-19 em 24 horas

País acumula quase 20 milhões de diagnósticos e 556.834 mortes
Geral

[Vídeo] Gustavo Bardim avança no The Voice Kids após escolha de Michel Teló

Emocionado, o morador de Guaramirim agracedeu o apoio recebido até aqui
[Vídeo] Gustavo Bardim avança no The Voice Kids após escolha de Michel Teló
Saúde

Ministro da Saúde visita Hospital Santa Isabel em Blumenau

Marcelo Queiroga foi recebido pelo Diretor de Operações da instituição
Ministro da Saúde visita Hospital Santa Isabel em Blumenau
Esportes

Rayssa Leal dispensa festa na chegada ao Brasil

Skatista de 13 anos fez história conquistando prata na Olimpíada
Ver mais de Brasil