transito
Eleições

Especialista alerta sobre propagação de notícias falsas durante período eleitoral

27 Ago 2018 - 13h56


Segundo o professor da Faculdade de Comunicação da UnB, Sivaldo Pereira da Silva, é preciso duvidar de informações compartilhadas sem referências e ficar atento com os conteúdos que chamem muito atenção.


“São muito eleitores que estão online e as mídias sociais passaram a ser um meio de comunicação tão importante quanto a televisão para a definição do processo eleitoral. Na internet circula a informação falsa e a informação correta, então ele precisa ficar muito atento a dar os conteúdos que chamam muito a atenção. Ou seja, ele precisa verificar se a fonte é de fato uma fonte condizente e checar a informação em outros canais de informação.”

O Código Eleitoral deixa claro que é crime a divulgação de "fatos inverídicos" em relação a candidatos e partidos políticos capazes de exercer influência sobre o eleitorado, na propaganda eleitoral, podendo levar a uma pena de dois meses a um ano de detenção ou pagamento de multa.

Caso o crime for cometido pela imprensa, rádio ou televisão, a pena pode ser agravada. Agora, se a divulgação envolver algum crime de forma falsa, a detenção será de seis meses a dois anos, além de multa.


Recentemente, o Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) lançou um guia de combate à desinformação e à disseminação de notícias falsas (fake news) no processo eleitoral. A publicação traz dicas práticas para que os eleitores não sejam vítimas de notícias falsas ou as compartilhem. Para mais informações, acesse www.cgi.br.

Reportagem, Cintia Moreira / Agência Rádio Mais 

Matérias Relacionadas

Economia

Copom decide nesta quarta se corta ou mantém juros básicos da economia

Taxa Selic, em 10,5% ao ano, pode ser mantida ou cair 0,25 ponto
Copom decide nesta quarta se corta ou mantém juros básicos da economia
Segurança

Mais de 20 cidades Catarinenses são alvos de operação de combate à corrupção e fraudes

A operação "Fundraising" cumpre 11 mandados de prisão preventiva, cinco de suspensão do exercício das funções públicas e 63 de busca e apreensão.
Mais de 20 cidades Catarinenses são alvos de operação de combate à corrupção e fraudes
Geral

(VÍDEO) Avião 'dá cambalhota' durante pouso em aeroporto do Paraná

Rajada de vento teria provocado o acidente
(VÍDEO) Avião 'dá cambalhota' durante pouso em aeroporto do Paraná
Geral

STF retomará julgamento sobre descriminalização do porte de drogas

Matéria será discutida na quinta-feira (20)
STF retomará julgamento sobre descriminalização do porte de drogas
Ver mais de Brasil