transito
Brasil

Em terceiro bloco do debate, candidatos voltam a temas de suas zonas de conforto

09 Set 2018 - 22h57
Ao longo do terceiro bloco do debate Estadão/TV Gazeta/Jovem Pan/Twitter os candidatos voltaram a mencionar temas com os quais têm familiaridade. Alvaro Dias (Podemos) fez uma pergunta sobre corrupção e defendeu a refundação da República, tema recorrente no seu discurso. Também criticou lideranças políticas que "alimentam a violência". Ele acabou tendo de responder a uma questão sobre privilégios de membros do Poder Judiciário.

"Com a minha experiência, que poderia acumular aposentadorias e abri mão delas, é que repito que nós precisamos começar pelo andar de cima", disse. Guilherme Boulos (PSOL) criticou privilégios, os banqueiros e os "moralistas sem moral" do poder judiciário.

Ciro Gomes (PDT) voltou a usar a questão do endividamento de pessoas físicas. Para ele, "gente desmoralizada no crediário" também é um risco à democracia. Henrique Meirelles (MDB) perguntou e respondeu questões referentes à economia, enquanto Geraldo Alckmin (PSDB) falou de segurança pública.

Marina Silva (Rede), por sua vez, falou sobre a necessidade de melhoria da saúde pública e sobre a questão da regularização fundiária.

Matérias Relacionadas

Economia

Copom decide nesta quarta se corta ou mantém juros básicos da economia

Taxa Selic, em 10,5% ao ano, pode ser mantida ou cair 0,25 ponto
Copom decide nesta quarta se corta ou mantém juros básicos da economia
Segurança

Mais de 20 cidades Catarinenses são alvos de operação de combate à corrupção e fraudes

A operação "Fundraising" cumpre 11 mandados de prisão preventiva, cinco de suspensão do exercício das funções públicas e 63 de busca e apreensão.
Mais de 20 cidades Catarinenses são alvos de operação de combate à corrupção e fraudes
Geral

(VÍDEO) Avião 'dá cambalhota' durante pouso em aeroporto do Paraná

Rajada de vento teria provocado o acidente
(VÍDEO) Avião 'dá cambalhota' durante pouso em aeroporto do Paraná
Geral

STF retomará julgamento sobre descriminalização do porte de drogas

Matéria será discutida na quinta-feira (20)
STF retomará julgamento sobre descriminalização do porte de drogas
Ver mais de Brasil