Caraguá
Corrupção

Eike Batista e Sérgio Cabral são denunciados por corrupção e lavagem de dinheiro

10 Fev 2017 - 11h48
O Ministério Público Federal no Rio ofereceu denúncia contra o ex-governador Sergio Cabral (PMDB), o empresário Eike Batista e mais seis pessoas pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. As investigações fazem parte da Operação Eficiência, resultado da força-tarefa da Lava-Jato no Rio. O conteúdo da denúncia será apresentado pelos procuradores da Força Tarefa Rafael Barretto e José Augusto Vagos.
Cabral é acusado de chefiar uma organização criminosa que recebeu propina de empresários no exercício de seus dois mandatos no governo do Estado do Rio (2007-2014). Preso na Operação Calicute há quase 3 meses, o ex-governador foi indiciado por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e pertencimento a organização criminosa.

Eike foi indiciado por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e pertencimento a organização criminosa. Ele teria pago US$ 16,5 milhões em propina ao esquema liderado por Cabral para ter benefícios em seus negócios.

O empresário foi preso no dia 30 de janeiro. Ambos estão em celas no complexo penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do Rio. O crime de corrupção prevê pena de dois a 12 anos de prisão; o de lavagem de dinheiro, de três a dez anos.

 

G1

Matérias Relacionadas

Política

[Vídeo] Renan Calheiros e Jorginho Mello batem boca e trocam xingamentos na CPI

Senadores discutiram após relator da CPI afirmar que população tem a percepção de que governo Bolsonaro é corrupto
[Vídeo] Renan Calheiros e Jorginho Mello batem boca e trocam xingamentos na CPI
Economia

WEG inaugura quinta fábrica de transformadores na América do Norte

Localizada na cidade de Washington a nova fábrica recebeu investimentos de 17 milhões de dólares e será dedicada à produção de transformadores de potência até 10 MV
WEG inaugura quinta fábrica de transformadores na América do Norte
Política

Senado aprova PEC da reforma eleitoral

Texto segue para promulgação
Senado aprova PEC da reforma eleitoral
Saúde

Anvisa recomenda quarentena ao presidente e comitiva brasileira

Ministro Queiroga testou positivo para covid-19 em viagem a Nova York
Ver mais de Brasil