transito
Brasil

Eduardo Bolsonaro sugere que eleitores registrem votos, o que é considerado crime

07 Out 2018 - 16h39
Eduardo Bolsonaro, filho do presidenciável Jair Bolsonaro e candidato a deputado federal pelo PSL, publicou uma mensagem em seu Twitter na manhã deste domingo, durante as eleições 2018, sugerindo que os eleitores fotografem ou filmem as urnas eletrônicas que apresentarem falhas. Tal ato é considerado crime eleitoral.

"Prezados, em caso de problemas com a urna filmem, de preferência gravem lives e falem o estado zona e seção onde está ocorrendo o problema", publicou Bolsonaro em seu Twitter. De acordo com a Lei Eleitoral 4737/65, é proibido qualquer tipo de registro , seja ela foto ou gravação, durante o uso da cabine de votação.

A proibição das imagens feitas nas urnas tem como objetivo preservar o direito ao sigilo no voto. A lei protege que eleitores comprovem a escolha por determinado candidato.

Matérias Relacionadas

Economia

Em 2023, população brasileira ocupada passou dos 100 milhões

De acordo com o IBGE, 37% deles tinham carteira assinada
Em 2023, população brasileira ocupada passou dos 100 milhões
Geral

Celular Seguro recebe 57,8 mil alertas de bloqueio em 6 meses

Novas funcionalidades devem ser lançadas no segundo semestre
Celular Seguro recebe 57,8 mil alertas de bloqueio em 6 meses
Segurança

Comboio com transformador de 178 toneladas chega em Guaramirim

O equipamento passará por manutenção na unidade da WEG Transformadores, em Blumenau.
Comboio com transformador de 178 toneladas chega em Guaramirim
Geral

Presidente da Duas Rodas será homenageado com o Mérito Industrial da CNI

Ao longo de sua história de 36 anos na Duas Rodas, o empresário Leonardo Fausto Zipf comandou o processo de expansão nacional e internacional da empresa que nasceu em 1925 em Jaraguá do Sul
Presidente da Duas Rodas será homenageado com o Mérito Industrial da CNI
Ver mais de Brasil