Imobiliária Coralli
Economia

Economia contrairá 3,14% em 2016

26 Set 2016 - 12h48
A economia sofrerá neste ano uma contração de 3,14%, menor do que a de 2015 (-3,80%), quando o país teve seu pior resultado nos últimos 25 anos, segundo uma pesquisa entre economistas divulgada nesta segunda-feira pelo Banco Central.

Apesar da projeção confirmar a grave recessão do Brasil, os analistas voltaram a melhorar a previsão para o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano, já que até na semana passada esperavam uma retração de 3,15% em 2016 e há um mês previam uma queda de 3,16%, de acordo com o Boletim Focus.

Se essa previsão for confirmada, será a primeira vez que a maior economia da América do Sul, em grave recessão, encadeará dois anos seguidos de crescimento negativo desde a década de 1930.

Os economistas, no entanto, preveem que o Brasil se recuperará no próximo ano, para quando projetam um crescimento de 1,30%, abaixo da expansão de 1,35% prevista na semana passada, mas acima dos 1,23% esperados há um mês.

Quanto à inflação, os economistas melhoraram a projeção tanto para este ano como para 2017.

De acordo com a nova projeção, a inflação no Brasil neste ano será de 7,25%, quase um décimo abaixo dos 7,34% calculados há uma semana e há um mês.

Apesar dos analistas esperarem para este ano uma alta dos preços menor do que a de 2015, quando o Brasil registrou uma inflação de 10,67%, a maior em 13 anos, o índice ficará novamente acima da meta estabelecida pelo governo.

O Banco Central se impôs para este ano uma meta para a inflação de 4,50%, com uma margem de tolerância de dois pontos percentuais, o que estabelece o limite tolerado em 6,50% anual.

Quanto a 2017, os especialistas esperam uma inflação de 5,07%, abaixo dos 5,12% projetados há uma semana e dos 5,14% previstos há um mês.

 

 

As informações são do

Uol Noticias

Matérias Relacionadas

Geral

Meu Plano D oferece cursos gratuitos para quem deseja empreender no segmento de doces

Os conteúdos são aplicados por confeiteiros e consultores de negócios, de maneira didática, com videoaulas, e-books e certificado de formação
Meu Plano D oferece cursos gratuitos para quem deseja empreender no segmento de doces
Saúde

IBGE: obesidade mais do que dobra na população com mais de 20 anos

Resultados são da Pesquisa Nacional de Saúde 2019
IBGE: obesidade mais do que dobra na população com mais de 20 anos
Política

Bolsonaro diz que governo federal não comprará vacina CoronaVac

A CoronaVac prevê a administração de duas doses por pessoa
Bolsonaro diz que governo federal não comprará vacina CoronaVac
Saúde

Brasil anuncia que vai comprar 46 milhões de doses da CoronaVac

Ministro da Saúde assina protocolo de intenções para adquirir a vacina
Brasil anuncia que vai comprar 46 milhões de doses da CoronaVac
Ver mais de Brasil