Séculus
economia brasileira

Economia brasileira cai 1,9% no segundo trimestre

28 Ago 2015 - 13h29

O indicador mostra que a soma das riquezas produzidas no Brasil nos meses de abril, maio e junho foi R$ 1,428 bilhões.


Nos primeiros seis meses de 2015, a retração acumulada da economia brasileira foi 2,1%, segundo o IBGE. O Produto Interno Bruto do segundo trimestre de 2015 ficou 2,6% abaixo do que foi registrado no mesmo período do ano passado.

A maior queda foi registrada na indústria, que teve redução de 4,3% na comparação com o mesmo período do ano passado. A agropecuária teve queda de 2,7% e o setor de serviços recuou 0,7%. O consumo do governo cresceu 0,7%.

As exportações de bens e serviços aumentaram 3,4% no segundo trimestre, em relação ao três primeiros meses do ano, e as importações caíram 8,8%. A despesa de consumo das famílias caiu 2,1% ante o trimestre anterior.

A retração da indústria foi mais intensa na construção civil, que apresentou desempenho 8,4% menor que no primeiro trimestre. A indústria da transformação teve queda de 3,7%.


No setor de serviços, o comércio caiu 3,3%, os serviços de transporte, armazenagem e correio recuaram 2% e os serviços de informação, 1,3%. Os serviços de administração, saúde e educação pública tiveram a maior alta, de 1,9%.

Fonte: Agência Brasil

GNet

Matérias Relacionadas

Segurança

Zé Trovão se apresenta à Polícia Federal em Joinville

Caminhoneiro estava foragido desde agosto
Zé Trovão se apresenta à Polícia Federal em Joinville
Economia

Lunelli alcança marca histórica de R$ 1 bilhão de faturamento

Com 4,6 mil colaboradores, a Lunelli possui unidades em Santa Catarina, São Paulo, Ceará e também no Paraguai
Lunelli alcança marca histórica de R$ 1 bilhão de faturamento
Economia

Ministro diz que privatização da Petrobras ampliaria investimentos

Paulo Guedes fez declaração em evento com presidente Bolsonaro
Ministro diz que privatização da Petrobras ampliaria investimentos
Economia

Falta de material e custos impactam a indústria da construção

Situação persiste pelo quinto trimestre seguido
Falta de material e custos impactam a indústria da construção
Ver mais de Brasil