Imobiliária Coralli
Santa Catarina

Desemprego cresce em todas as regiões no 2º trimestre

17 Ago 2016 - 12h40
O desemprego subiu em todas as grandes regiões do país no segunto trimestre deste ano em relação mesmo período de 2015, segundo dados da Pnad Contínua, divulgados nesta quarta-feira (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Considerando todos locais, a taxa ficou 11,3%, conforme pesquisa já divulgada pelo instituto.

A maior taxa foi observada no Nordeste. Em um ano, o índice de desemprego subiu de 10,3% para 13,2%. No primeiro trimestre deste ano, o índice havia ficado em 11,4%.

Na sequência, entre as maiores taxas estão a Sudeste (de 8,3% para 11,7%), a Norte (de 8,5% para 11,2%)  e a Centro-Oeste (de 7,4% para 9,7%).

Segundo Cimar Azeredo, coordenador de trabalho e rendimento do IBGE, todas as grandes regiões registraram o maior índice da série, que teve início em 2012.

Entre os estados, os maiores índices de desemprego partiram do Amapá (15,8%); da Bahia (15,4%) e de Pernambuco (14%). Na contramão, estão Santa Catarina (6,7%), Mato Grosso do Sul (7,0%) e Rondônia (7,8%).

 

Fonte - G1

Matérias Relacionadas

Eleições 2020

STF confirma não ser obrigatório portar título de eleitor para votar

Obrigatoriedade foi estabelecida na minirreforma eleitoral
STF confirma não ser obrigatório portar título de eleitor para votar
Eleições 2020

Saiba a diferença e os efeitos de votos brancos e nulos

Ao votar em branco, eleitor não manifesta preferência
Saiba a diferença e os efeitos de votos brancos e nulos
Economia

Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio de R$ 29 milhões

As apostas podem ser feitas até as 19h, no horário de Brasília
Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio de R$ 29 milhões
Economia

Caixa paga auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família

Hoje é dia de pagamento para quem tem NIS final 2
Caixa paga auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família
Ver mais de Brasil