Eleições 2020
Impeachement

Defesa de Dilma entrega síntese de provas à Comissão do Impeachment

29 Jul 2016 - 09h22
A defesa da presidenta afastada Dilma Rousseff entregou, na tarde dessa quinta-feira (28), à Comissão Processante do Impeachment no Senado, os documentos com as alegações finais do processo.

A peça, com cerca de 500 páginas, foi entregue pelo ex-ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, um dos advogados da defesa de Dilma.

Cardozo explicou que se trata de uma peça que sintetiza todas as provas que foram reunidas ao longo desse período: testemunhas, perícias e prova documental.

Segundo o advogado, na peça de defesa também foram abordados vários fatos que surgiram ao longo desse processo. Ele ressaltou a importância da proposta de arquivamento que o

Ministério Público Federal fez relativamente ao inquérito que tratava das pedaladas.

As alegações finais da defesa de Dilma serão agora analisadas pelo relator do processo, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), que deverá apresentar seu parecer sobre o processo até o dia 2 de agosto, quando o relatório será lido na comissão processante.

 

Fonte: Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Economia

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 45 milhões

O volante, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.
Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 45 milhões
Economia

Procura das empresas por crédito tem queda de 3,3% em setembro

É o terceiro mês consecutivo de queda
Procura das empresas por crédito tem queda de 3,3% em setembro
Saúde

Termina oficialmente na sexta-feira a campanha vacinação

Crianças de 1 a menos de cinco anos devem ser imunizadas contra a pólio; menores de 15 anos recebem a multivacinação
Termina oficialmente na sexta-feira a campanha vacinação
Geral

CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos

Proposta contempla redução da pena de presos já condenados
CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos
Ver mais de Brasil